Falando Séries: Warner, o canal das estreias na pandemia

Para quem estava com saudade das novidades de séries, setembro será um mês histórico. Principalmente diante das circunstâncias da pandemia

Em tempos de pandemia, novidades para os apaixonados por séries são sempre uma grande notícia. E o que dizer do pacotão preparado pela Warner Channel no mês em que comemora os seus 25 anos? Desde o início do mês, o canal já provou que não vai aliviar nas boas novas.

Quem abriu a programação foi a comédia Miracle Workers, que estreou a segunda temporada na última terça-feira. Exibida entre janeiro e fevereiro nos Estados Unidos, a produção teve sua terceira temporada confirmada, no mês passado.

Assine A Tribuna agora mesmo por R$ 1,90 e ganhe Globoplay grátis e dezenas de descontos!

strelada por Daniel Radcliffe, Steve Buscemi e Geraldine Viswanathan, a segunda temporada tem como foco um grupo de aldeões medievais que tentam permanecer positivos em uma era de extrema desigualdade de renda, saúde precária e ignorância generalizada.

Amanhã, às 22h, o canal estreia, com exclusividade no Brasil, a sétima temporada de Brooklyn Nine-Nine, uma das minhas prediletas. Essa foi exibida nos EUA entre fevereiro e abril. 

Nos novos episódios, o capitão Raymond Holt (Andre Braugher) é colocado em serviço de patrulha por não terminar o treinamento de oficiais e tem uma nova parceira, Debbie Fogle (Vanessa Bayer). Isso significa que o detetive Jake Peralta (Andy Samberg) e seus colegas terão que combater o crime sob nova liderança, enquanto o ex-capitão se adapta ao seu rebaixamento. 

Fora do âmbito profissional, será que Amy (Melissa Fumero) conseguirá engravidar? Os planos de Amy e Jake de terem filhos sempre foi adiado por causa da difícil relação de Jake com seu pai, ausente durante a vida toda. Mas isso parece estar muito próximo de acontecer.

Na próxima quarta-feira, às 13h30, é a vez de O Chefe da Casa (Man With a Plan), protagonizada por Matt LeBlanc (o eterno Joey Tribbiani, de Friends), ao lado de Liza Snyder. A Warner vai exibir os episódios derradeiros da quarta e última temporada.

Na série, que foi cancelada recentemente, LeBlanc é o pai de família Adam Burns, que assume as responsabilidades domésticas enquanto sua esposa sai para trabalhar e manter a casa.

No dia seguinte, às 23h40, a Warner Channel traz a sétima e última temporada de The 100. Na temporada passada, a série teve um salto temporal de 125 anos, onde Bellamy (Bob Morley) e seus amigos que também sobreviveram buscarão recomeçar a vida neste novo mundo repleto de desafios. Na sétima temporada, os fãs poderão acompanhar, ao longo dos 16 episódios, um desfecho emocionante.

Quem fecha o pacotão da Warner é a badalada Blindspot. Exibida também pela Netflix (na qual parou na quarta temporada), a série tem episódios novos a partir do próximo sábado, à 0h30. A quinta e última temporada conta com 13 capítulos.

A série traz a história de um agente do FBI que, misteriosamente, se vê em meio a uma conspiração. Tudo começa quando Jane Doe (Jaimie Alexander), completamente sem memória, é encontrada nua no meio da Times Square, em Nova Iorque, com o corpo coberto de tatuagens recentes. E uma dessas tatuagens é o nome do agente do FBI Kurt Weller (Sullivan Stapleton). Agora, ele terá que desvendar os mistérios: Quem é esta mulher e o que significam suas tatuagens? O mistério acaba agora!

 

Tudo sobre: