Ex-Menudo, Anthony Galindo morre aos 41 anos

Conhecido como Papi Joe, o cantor tinha um quadro depressivo, agravado com a pandemia de Covid-19, informa a família

Ex-integrante do grupo Menudo, Anthony Galindo, de 41 anos, morreu em um hospital dos Estados Unidos, neste sábado (3). A informação foi dada pela família do cantor venezuelano em um comunicado nas redes sociais.

Clique aqui e assine A Tribuna por apenas R$ 1,90. Ganhe, na hora, acesso completo ao nosso Portal, dois meses de Globoplay grátis e, também, dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços! 

Conhecido como Papi Joe, o cantor  tinha um quadro depressivo, agravado nos últimos meses com a pandemia de Covid-19. "Anthony estava sofrendo com períodos de depressão. Todos sabem da sua grande paixão pela música. A depressão se acentuou com a pandemia e resultou em uma decisão drástica e infeliz", explicou a família, em comunicado de quando ele foi internado, na semana passada.

Ainda segundo a família, foi cumprida a vontade do artista em realizar a a doação dos seus órgãos. Informações sobre o funeral ainda serão divulgados, acrescentou o comunicado.

Menudo
O grupo Menudo foi criado em 1977, pelo produtor Edgardo Díaz. O grupo teve diversas formações ao longo de quase três décadas de atividade. Nos anos 1980, o conjunto alcançou projeção internacional, lotando o estádio como a Vila Belmiro, Morumbi e o Maracanã.

A banda gravou 32 álbuns com 20 milhões de cópias vendidas e teve hits como "Súbete a mi moto" e "Não se reprima" (esta, grande sucesso no Brasil). Anthony entrou na banda na década de 1990.

Tudo sobre: