A volta de Harry Potter é destaque na reabertura dos cinemas na Baixada; Veja a programação

Depois de quase 20 anos, blockbuster retorna em versão 4K. Cine Roxy e Cine Flix são os primeiros cinemas da região a retomarem as atividades

Parece que foi ontem. Mas são quase 20 anos desde o lançamento de Harry Potter e a Pedra Filosofal (2001). O longa retorna aos cinemas da região esta semana em versão 4K. Chance de revermos, em belas imagens e som, a trama que deu início a uma das maiores franquias de sucessos na história do cinema, baseada na série de livros best-seller escrita por J.K. Rowling.

Clique aqui e assine A Tribuna por apenas R$ 1,90. Ganhe, na hora, acesso completo ao nosso Portal, dois meses de Globoplay grátis e, também, dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Tudo começou em 1997. Na época, o produtor britânico David Heyman procurava em Hollywood um livro infantil para adaptar às telonas. O executivo levou a ideia à Warner Bros., que abraçou o projeto. Rowling, astuta, vendeu os direitos de filmagem dos primeiros quatro livros da saga, por pouco menos de US$ 2 milhões. Com o passar dos anos, se tornaria uma das autoras mais poderosas da indústria cultural e bilionária.

>> De Harry Potter a Apocalypse Now, confira a programação dos cinemas Roxy e Cineflix que retomam as atividades na Baixada Santista nesta quinta-feira

Ela pediu, inclusive, que o elenco principal fosse britânico, permitindo somente algumas exceções como o ator irlandês Richard Harris (intérprete de Albus Dumbledore); a fim de manter uma ligação entre o livro e a adaptação.

Spielberg, escolha óbvia, chegou a ser cogitado para a direção. O responsável por Tubarão e E.T: o Extraterrestre recusou a proposta. Chris Columbus, egresso de aventuras infantis e comédias de sucesso (Esqueceram de Mim, Nove Meses), assumiu o barco e se deu bem. A obra custou US$ 125 milhões e arrecadou mais de US$ 1 bilhão, além de ter conquistado a crítica especializada: a aprovação do site agregador Rotten Tomatoes é de 81%.

A produção recebeu três indicações ao Oscar: Direção de Arte, Figurino e Trilha Sonora, do mestre John Williams (Superman, Star Wars, Indiana Jones, Tubarão). Foram mais 62 indicações a prêmios e 17 vitórias. Algo a ser destacado se considerarmos ser uma aventura infantil. Columbus retornaria em Harry Potter e a Câmara Secreta, do ano seguinte.

A trama acompanha Harry Potter (Daniel Radcliffe), garoto órfão e infeliz na casa dos tios, os Dursleys. O garoto recebe uma carta contendo um convite para ingressar em Hogwarts, famosa escola especializada em formar jovens bruxos. Inicialmente, o protagonista é impedido de ler a carta por seu tio, mas logo recebe a visita de Hagrid (Robbie Coltrane), o guarda-caça de Hogwarts. Harry adentra um mundo mágico que jamais imaginara, vivendo diversas aventuras com seus novos amigos, Ron Weasley (Rupert Grint) e Hermione Granger (Emma Watson).

Talentoso, vimos o trio principal evoluir filme a filme. Diferente da Saga Crepúsculo, comparação óbvia, que tentou seguir caminho parecido, entretanto bem inferior – vale lembrar que o novo Batman, Robert Pattinson, surgiu ao mundo nesta franquia e depois arrebataria corações em Crepúsculo. Os produtores acertaram em cercar jovens talentos com atores veteranos, consagrados: Maggie Smith, Richard Harris, John Hurt, Alan Rickman, Richard Griffiths e até Gary Oldman se juntaria ao time mais tarde.

Dos três protagonistas, Emma Watson é quem seguiu carreira mais consistente nos cinemas, alternando cults como o sensível As Vantagens de Ser Invisível (ao lado do Percy Jackson Logan Lerman, do Flash Ezra Miller e do Homem-Formiga Paul Rudd) e no mega blockbuster da Disney A Bela e a Fera (2017).

Harry Potter também seguiu os passos de Star Wars, ao levar multidões (e muitas pessoas fantasiadas) às filas de cinemas horas, e até dias, antes da primeira sessão de estreia, algo herdado pelos Vingadores.

Harry Potter e a Pedra Filosofal (Harry Potter and the Sorcerer's Stone).
Aventura, 152 minutos. Reino Unido, Estados Unidos. 2001. Direção de Chris Columbus. Com Daniel Radcliffe, Emma Watson, Rupert Grint, Tom Felton, Maggie Smith, Richard Harris, John Hurt, Alan Rickman, Richard Griffiths.
Reexibição no roxy 6 brisamar SV

Tudo sobre: