EDIÇÃO DIGITAL

Domingo

9 de Agosto de 2020

Rua Gastronômica de Santos ganha faixa de pedestre temática

Ao invés de listras, talheres formam a faixa da rua Tolentino Filgueiras

Quem passou pela Rua Tolentino Filgueiras, no Gonzaga, em Santos, ontem, pôde ver alguns ajustes finais que estão sendo feitos na Rua Gastronômica. Entre eles, a pintura das faixas de pedestre, que também serão temáticas, com talheres ao invés das tradicionais listras brancas. 

Segundo a Prefeitura, a reurbanização deve estar pronta na primeira quinzena de julho, mas ainda sem data. A inauguração oficial do espaço dependerá da permissão para o funcionamento de restaurantes e bares locais, conforme as regras do Plano São Paulo de retomada econômica. Não deve haver nenhuma cerimônia por conta da pandemia de covid-19. 

As obras incluem a remodelação o trecho de 400 metros localizado entre as avenidas Ana Costa e Washington Luís – que abriga 14 estabelecimentos de diferentes ramos alimentícios.

Pioneiros
“Fomos o primeiro restaurante a se instalar na rua, e estamos felizes com a obra que torna a Tolentino ainda mais agradável ao público. A Via Gastronômica uniu ainda mais os comerciantes. Aqui, não somos concorrentes e sim parceiros. Todos unidos para receber com muito carinho os clientes santistas e também os turistas, disse o casal Erika Rodriguez e Marcelo Saraiva, proprietários da Cantina di Lucca

Nos últimos dias, a via recebeu o mobiliário, que inclui bancos com apoio, banquetas individuais e lixeiras, tudo instalado na faixa de serviço das calçadas, formada por mosaico português – a outra faixa, para circulação de pedestres, foi finalizada em concreto.

“A rua está muito mais confortável para os clientes com a implementação dos bancos e da reforma na calçada, dando assim mais espaço para todos. Sem falar na segurança, terá um aumento de público e de turistas, o que vai exigir uma atenção maior”, disse Frederico Cypriano, sócio do G.O.A.T. 

Segundo a Prefeitura, com nova pavimentação, a rua também foi contemplada com a troca de guias, sarjetas e bocas de lobo e recebeu dutos subterrâneos para embutimento de cabos de telecomunicações, restando suspensa apenas a fiação referente à energia elétrica.

Há melhorias também na iluminação da via, que ganhará mais 34 pontos de luz, divididos em braçadeiras acopladas nos postes já existentes e em novos postes metálicos, instalados na calçada oposta. “Antes, apenas os carros eram iluminados. Agora, serão privilegiados os pedestres”, explica o arquiteto da Prefeitura Glaucus Farinello, responsável pelo projeto.

Esquinas

Quem passa pelo cruzamento com a Rua José Caballero já nota uma novidade para a Cidade: esquinas niveladas à calçada, destacadas na cor vermelha

“Temos na cidade algumas travessias elevadas, com nivelamento da calçada com a travessia do pedestre. Nesse caso, fomos um pouco além”, comenta Farinello, explicando o conceito adotado: “é o carro que entra em um espaço diferenciado, não o pedestre, em um dispositivo que visa oferecer segurança e conforto na travessia”.

A franqueada do China in Box Santos, Vivian Brum, está otimista com a finalização da reforma da Rua Tolentino Filgueiras. “Agora temos uma rua gastronômica para cidade e para o turismo. Nossa expectativa é que o santista goste do resultado tanto quanto nós, e que a rua se torne roteiro para momentos de descontração e bons encontros. Acredito que trará um fôlego a mais no período pós pandemia para todo o comércio que nela se encontra, não só para os restaurantes e bares”.

Investimento

A reurbanização do trecho contou com um investimento de aproximadamente R$ 2 milhões, provenientes de um Termo de Responsabilidade de Implantação de Medidas Mitigadoras e/ou Compensatórias (Trimmc) entre a Prefeitura e uma empresa portuária. A obra teve início em março.

Tudo sobre: