Aprenda a fazer eclair, a famosa bomba de chocolate

Um clássico francês que brasileiro também ama

Um clássico francês, datado do fim do século 18, mas que está mais na moda do que nunca. A éclair, que aqui no Brasil chamamos de bomba, agora tem mil e uma versões. 

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Mesmo na França, onde a tradição é valorizada, há lojas dedicadas somente ao doce, que pode ser provado em dezenas de sabores. Porém, a clássica, de chocolate, merece um concurso anual no país.

Éclair em francês significa relâmpago. O nome saiu de uma propaganda do doce que se chamava petite duchese-- tão gostoso que era consumido rapidamente como um relâmpago. Isso no final do século 19 e pegou.

A massa da éclair chama-se pâte à choux. Tem origem italiana. Foi levada para França pela Rainha Caterina de Médice e foi aperfeiçoada pelo mestre da gastronomia francesa e mundial Antonie Caréme, no século 19. Colocada em saco de confeiteiro, modelada e depois assada, ela fica crocante por fora e oca por dentro.

Depois de fria, ela perde um pouco da crocância e fica macia. Perfeita para ser recheada. 

A composição da pâte à choux é simples: composta de farinha, manteiga e água ou leite, é levada ao fogo para secar e só depois são acrescentado os ovos). Depois de assadas e frias são recheadas e cobertas. 

RECEITA BOMBA DE CHOCOLATE
Ingredientes:
8 ovos; 250g de farinha de trigo; 500 ml de água; 1 colher (café) de sal; 224g de margarina (exatamente). Recheio: 1 e 1/2 lata de doce de leite e 5 colheres (sopa cheia) de chocolate em pó (melhor o do padre). Cobertura: 250g de chocolate derretido.
 

Preparo: junte a água, a margarina, a e sal em uma panela em fogo médio. Quando ferver, adicione aos poucos a farinha e mexa com uma espátula até ficar com consistência firme e estiver desgrudando da panela. Retire a massa e leve à batedeira, batendo para ela esfriar um pouco.

Depois disso, adicione os ovos aos poucos e bata até a massa ficar lisa. Use um saco de confeitar com um bico liso (número 8) para pingar as éclairs que podem ter formato de dedo (cerca de 7 cm), de carolinas ou de roscas. Deixe espaço entre elas, porque crescem. Asse no forno alto (250°C) até que esteja dourada (depende do forno, mas é cerca de 15 minutos). Deixe esfriar de um dia para o outro (se rechear na hora, a massa quebra).

Coloque o recheio (doce de leite misturado ao chocolate em pó) em saco de confeitar. Corte a éclair com uma tesoura e recheie. Repita com todas. Derreta o chocolate picado (branco ou ao leite) e banhe as bombas. Deixe esfriar e endurecer a cobertura. 


Rendimento: 30

 

Tudo sobre: