EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

22 de Novembro de 2019

Tony Lamers relembra troca de Engenharia por Jornalismo e fala sobre a carreira

Apresentador e editor adjunto da TV Tribuna trabalhava em rádio e, com o surgimento das emissoras regionais de tevê, quis aparecer no vídeo

Antes de ser jornalista, Tony Lamers cursava Engenharia e trabalhava em rádio. Quando as tevês regionais surgiram, pintou a vontade de migrar para o vídeo. “Só que eu não sabia como. E me falaram: ‘faz Jornalismo’. Comecei o curso em 92 e em 96 me formei”.

Assim, entrou na TV Tribuna logo que se formou. Primeiro como produtor, depois como repórter. “Cobria folgas do apresentador. A primeira vez que eu fui fazer, o nosso antigo chefe, Carlos Manente, ia gravar. Mas eu quis fazer ao vivo e ele gostou da minha atitude”, recorda orgulhoso. Então, em janeiro de 2000, Tony Lamers passou a apresentar o JT 1 com Vanessa Machado.

Hoje, além de apresentador, o jornalista é editor adjunto do JT1. “Eu ajudo em tudo. Edito as matérias, também escrevo o que a gente fala, notas, notícias. Participo efetivamente do jornal”.

Tony Lamers gosta de reportagens de cunho social. “Essas são as mais legais, porque essa é a nossa missão: ajudar pessoas. Lógico que é bem legal mostrar lazer e cultura, mas a parte social, que está tão descuidada no nosso País, é fundamental”.

Com tanta experiência, Tony é reconhecido nas ruas. “O reconhecimento do público é muito legal. Onde eu vou tem alguém que fala alguma coisa. O retorno é bem prazeroso”, finaliza ele, que, além de estar todos os dias na telinha da TV Tribuna, ainda tem uma banda. “Adoro música ao meu redor, me faz bem. Entro no carro e já ligo o som. Isso me faz feliz”.

Tudo sobre: