Santistas têm projeto escolhido e apresentam exposição em Portugal

Em meio à pandemia de covid-19, uma fotógrafa e uma ilustradora ajudam comunidade de Viana do Castelo, no país europeu, a se enxergar de um jeito bem mais colorido e alegre

Santistas estão interferindo positivamente em uma comunidade, a Freguesia de Monserrat, em Portugal. Beatriz Ramires, de 39 anos, fotógrafa, tive o seu projeto selecionado num concurso da Prefeitura de Viana do Castelo e realizam, até 30 de setembro, exposição de fotos que acabou sendo montada em formato de lambe-lambe, com imagens das pessoas do bairro português, homenageando os moradores.

Beatriz conta que escolheu os moradores fotografados pela proximidade, apesar de, antes do projeto, não ter tanto contato com eles. Depois, foi para a rua, abordando um a um.

“Para definir inicialmente quem ia fotografar, eu ficava na janela, lembrando quem eram as pessoas com as quais tive contato. Um dos fotografados é um senhor que tocava concertina. Eu escutava ele da minha casa, no isolamento. Com o tempo, as conexões surgiram. As pessoas começaram a se envolver com o projeto, e iam ajudando a identificar os moradores para mim”.

No meio do trabalho, Carolina Gaessler, ilustradora de 29 anos, foi convidada a complementar o trabalho imprimindo nas fotos, por meio de ilustrações, um significado diferente – muitas vezes dando cor, vida e despertando a imaginação de quem as observa.

“A minha ideia foi inserir o lúdico. Por exemplo, na foto de um peixeiro, não desenhei um peixe realista e de tamanho proporcional. Quis extravasar o que estava incubado na quarentena e dar vida ao local, que recebe todo ano uma grande e colorida festa religiosa, que, devido à pandemia, não vai acontecer”. 

Para Carolina, “o legal é a inclusão, porque as imagens retratam a representatividade dos moradores e de seu bairro. São portugueses, um africano, um francês, um brasileiro, uma cigana... Exatamente a pluralidade que passa ali todos os dias”. 

Acostumada a enxergar cada imagem e história como únicas, Beatriz crê que a arte aquecerá os corações de lá.

A dupla ainda pretende filmar a reação dos moradores ao ver as suas fotos e postar nos perfis do Instagram @carolgaessler e @beatrizramires.

Tudo sobre: