EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

19 de Julho de 2019

Gramado é uma boa opção de viagem durante o ano inteiro

A cidade da Serra Gaúcha reúne vários atrativos que vão além da temporada de inverno

Gramado não é uma boa opção de viagem apenas nos meses de frio, no Natal ou durante o seu tradicional festival de cinema – que motiva um monte de festas e baladas e que, em 2019, acontece de 16 a 24 de agosto. A charmosa cidade da Serra Gaúcha, localizada a cerca de duas horas da capital, Porto Alegre, vale a visita em qualquer época do ano, pois, como a maioria da população vive em função do turismo, fica claro, ao conversar com as pessoas e andar pelas ruas, que existe uma preocupação e uma união para sempre manter o destino bem conservado, renovado e cheio de atrativos para o viajante.

E os investimentos com essa finalidade têm movimentado bastante Gramado, inclusive, fora da temporada. Os empresários procuram criar programações, algumas fixas e outras se alternando, para proporcionar os mais diversos tipos de experiência para os turistas o ano inteiro.

Um bom exemplo disso é que o Bustour, ônibus que permite percorrer os principais pontos turísticos de Gramado e de Canela, município vizinho, com bilhetes a partir de R$ 69, ganhou uma variação inusitada: o Bus Bier Tour. Como a produção de cerveja artesanal não para de crescer na região, influenciada pelo legado dos imigrantes alemães, o ônibus temático leva as pessoas para conhecer dois fabricantes de Gramado (Gram Bier, que tem rótulos premiados no País e fora dele, e Rasen Bier, pertencente ao grupo da marca de chocolates Lugano e cujo nome, em alemão, significa a cerveja de Gramado) e um de Canela (Cervejaria Farol, onde, após encarar 137 degraus, dá para curtir uma bela vista, do alto do farol de 32 metros que batiza a marca).

Ao longo do tour, que dura em torno de quatro horas, o passageiro não só conhece os processos de produção dos mais diferentes tipos de cerveja como degusta 15 rótulos. No final, ainda ganha voucher para saborear um chope artesanal na famosa Rua Coberta de Gramado. 

O passeio, a partir de R$ 119 e para maiores de 18 anos, acontece nas tardes de terça, quinta e sábado, das 13h30 em diante. Reservas podem ser feitas no brockerturismo.com.br – o ônibus pega o turista no seu hotel.

Romance no ar
Gramado também tem ganhado força como destino romântico, e alguns sinais disso estão espalhados pela cidade. Ao lado da Igreja Matriz São Pedro, no Centro, fica a Fonte do Amor Eterno,  ponto de parada para muitos casaistirar em uma foto ou depositarem cadeados com seus nomes – como ocorre em vários lugares da Europa.

Outro detalhe curioso é que, a algumas quadras dali, na Avenida das Hortênsias, 765, você vai se deparar com uma capela idêntica às de Las Vegas, para quem quer se casar seguindo o rito da badalada cidade norte-americana, com um cover de Elvis Presley conduzindo a cerimônia. O preço dessa experiência começa em R$ 790.

E não faltam hotéis luxuosos para curtir a lua de mel, a comemoração de bodas ou uma viagem a dois cheia de romantismo. Um deles é o Alpestre. Logo de cara, o empreendimento impressiona com sua arquitetura: o edifício, que lembra as construções dos Alpes suíços e franceses e possui sala de estar estilosa com lareira, foi erguido aos poucos ao redor de uma lindíssima área verde de 12 mil metros quadrados com piscina climatizada, quadra de tênis e complexo kids. Por causa disso, o hotel tem formato de U.

Localizado perto do imperdível Lago Negro – com pedalinhos para os casais viverem momentos especiais em meio à encantadora paisagem – e com transporte gratuito para o Centro de Gramado, bikes retrôs para uso dos hóspedes e cestas de piquenique para locação, o Alpestre oferece quatro pacotes românticos, que variam de R$ 70 a R$ 1.228 (acrescidos no valor da diária, mais 10% de taxa de serviço). O Diamante, o mais completo, inclui um jantar em restaurante de cozinha internacional da cidade, esfoliação com sal marinho e hidratação de pele para o casal no spa do hotel, o Kur Estação das Águas, e um café da manhã no quarto – que tem roupões personalizados e produção romântica na chegada.

Uma dica: as diárias partem de R$ 380, mas, para marcar a viagem a dois, vale se hospedar na suíte Super Luxo Especial (R$ 510, em média), no último andar do Alpestre (piso mais privativo, com decoração diferente dos demais). Os quartos dessa categoria têm banheira de hidromassagem e cama king size com dossel.

O hotel fica na Rua Leopoldo Rosenfeldt, 67. Reservas pelo tel. (54) 3286-3390 ou no www.hotelalpestre.com.br.

Para a hora do sim
A cidade de Gramado ainda tem sido escolhida por diversos casais, principalmente daqui do Estado, para a realização da cerimônia e da festa de matrimônio. Para atender quem busca lugar requintado para promover um evento daqueles, há a Caza Wilfrido, com diárias entre R$ 20 mil e R$ 25 mil.
Rodeado por muito verde, o complexo de 1.400 metros quadrados, datado da década de 20, teve sua infraestrutura para eventos ampliada recentemente. Agora, além do casarão rústico com dois pisos, estacionamento e heliponto, dá para adicionar no planejamento da festa ambientes no jardim e no pátio do bosque, com uma roda d’água de fundo.

A Caza, que conta com capacidade para mil pessoas em pé ou 400 sentadas, até o fim do ano vai receber uma área para apresentações musicais inspirada no Teatro del Silenzio, propriedade em Lajatico, na Toscana, Itália, onde o tenor Andrea Bocelli costuma fazer uma temporada de concertos a céu aberto todo ano.

O endereço é Estrada Tapera Italiana, 2.300, km 4,5, tels. (54) 3199-7585 e (54) 99935-0395. Site: www.cazawilfrido.com.br.

Chocolate!
A cultura do chocolate está mais do que estabelecida em Gramado. Há inúmeros fabricantes sediados na cidade, entre eles Caracol e Lugano, bem conhecidos na Baixada Santista. Marca artesanal mais antiga daquela região e do Brasil, a Prawer surgiu em 1975 e recentemente ganhou o prêmio da revista Veja de melhor chocolate da Serra Gaúcha.

A empresa tem atuado também no mercado de casamentos, preparando mesas de bombons para festas não só em Gramado como em outros locais do País, com pedidos feitos por meio do www.prawer.com.br e um sistema especial de postagem dos produtos.

Igual a outras marcas, a Prawer tem sua fábrica – na Avenida das Hortênsias, 4.100, tel. (54) 3286-1580 – aberta para visitas gratuitas de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17 horas. E surpreende com opções como salame de chocolate com especiarias (200g a R$ 44) e queijo de chocolate branco com pistache e toque de gorgonzola (125g a R$ 41,30).

Mix de sabores
Como reflexo do empenho dos comerciantes e empresários para ampliar o número de atrativos de Gramado, a gastronomia da cidade se mostra cada vez mais rica, indo além das tradicionais receitas alemães, sequências de fondues e cafés coloniais.

No roteiro de quem está a fim de saborear cortes nobres, não pode faltar o Malbec, no Centro, que serve, inclusive, carnes de cordeiro e javali. Sem contar que é o único restaurante da Serra Gaúcha com autenticação da Associação Brasileira de Angus – de junho a agosto e de dezembro a janeiro, a casa realiza até um festival focado nessa carne bovina.

Qualquer corte oferecido no menu chega à mesa acompanhado de vários molhos apetitosos, entre eles laranja com pimenta, frutas vermelhas com vinho e chimichurri. Mais: alguns pratos são preparados na parrilla, como picanha grelhada com provolone (R$ 182) e prime rib com legumes na brasa, batatas assadas e arroz (R$ 198).

Com ambiente supercool, o Malbec ainda procura valorizar os ingredientes locais e possui uma carta premium de vinhos gaúchos – alguns limitados a pouquíssimas garrafas. Av. Borges de Medeiros, 2.101, tel. (54) 3286-5174.

Outro restaurante bacana no Centro é o Casa Di Pietro. Apesar de disponibilizar pratos à la carte, ele se destaca pelo farto bufê, principalmente no quesito sopas.

E sua decoração é um capítulo à parte: como divide paredes com a Igreja Matriz, os ambientes estão repletos de imagens de santos e referências religiosas. Um diferencial é o banheiro, que tem cantos gregorianos como trilha sonora. Fica na Rua Pedro Benetti, 5, tel. (54) 3286-4077.

Já o White Fly vai agradar bastante a quem se amarra em pub. Também no Centro e com música ao vivo a partir das 21 horas nos sábados (rock, folk e blues), combina lanches e petiscos caprichados com uma variedade considerável de cervejas – que, em breve, passará a contabilizar alguns rótulos de produção própria.

O mais ousado no cardápio são as porções individuais de doces (pavlova, carolina de chocolate, polenta doce ou trufa branca com amendoim caramelizado) harmonizadas com cervejas (R$ 20 cada). Sendo que a Tábua Além do Óbvio (R$ 75) traz, de uma vez só, todas as quatro opções.
O pub fica na Av. Borges de Medeiros, 3.143, loja 1, tel. (54) 98128-4606.

Esticada até Canela
É praticamente impossível viajar para Gramado e não dar um pulinho na vizinha Canela. Afinal, o município também tem um monte de atrações.

Merecem atenção especial a belíssima Catedral de Pedra, bem no coração da cidade, e o Parque da Serra Bondinhos Aéreos, onde a pessoa percorre três estações a bordo dos primeiros bondes do Rio Grande do Sul – que utilizam tecnologia suíça – para curtir diferentes vistas da imperdível Cascata do Caracol, com seus 131 metros de queda d’água.

O parque ainda abriga uma trilha, com réplicas da fauna local; o Espaço das Esculturas, com obras do artista plástico japonês Masaharu Hata que, ao serem manuseadas pelo público, reproduzem os sons dos animais retratados, e o brinquedo radical Eagle, importado dos Estados Unidos, em que duas pessoas, sentadas numa cadeira especial, deslizam por um cabo de 180 metros apreciando, em alta velocidade, o visual da cascata (esse movimento, de certa forma, simula o voo de uma águia).

Menores de 6 anos entram de graça no complexo. Crianças de 6 a 12 anos e quem tem acima de 60 pagam R$ 21. O bilhete para adultos custa R$ 42. A única atividade cobrada à parte é o Eagle (R$ 35). Abre diariamente, das 9 às 17 horas. Fica na Estrada da Ferradura, 699, tels. (54) 3504-1505 e (54) 3878-3250/51.

Em termos gastronômicos, Canela vem investindo em diversidade assim como Gramado. Uma ótima pedida por lá é o Containner Bistrot. Integrado a uma loja de artigos asiáticos, possui projeto arquitetônico arrojado, com um antigo contêiner disposto no salão, e aposta em pratos que mesclam influências ocidentais e orientais.

Para petiscar, o cardápio traz, por exemplo, dadinhos de queijo serrano com geleia de pimenta (R$ 32) e palitos de berinjela em crosta de parmesão (R$ 36). Alguns pratos principais são creme de moranga com gengibre (R$ 26), risoto de filé e tamarindo (R$ 48) e salmão ao molho de laranja e cardamomo (R$ 66).

Com menu exclusivo para crianças, a casa está localizada na Rua Borges de Medeiros, 580, a poucos metros da Catedral de Pedra. Detalhes pelo tel. (54) 3282-7772.

Confira reportagem completa na edição deste domingo (10) da AT Revista.