EDIÇÃO DIGITAL

Quinta-feira

4 de Junho de 2020

Cuide bem da coluna cervical com alongamentos e evite dor no pescoço

Boa postura e fazer alongamentos regulares ajudam a evitar a cervicobraquialgia

A cervicobraquialgia é a dor que começa na parte de trás do pescoço, pode irradiar para um dos ombros e para o braço, onde chega até a causar formigamento e perda de força. No pescoço, pode gerar certa rigidez e a dor piora com a tosse. Ela decorre de uma compressão dos nervos localizados na região superior da coluna vertebral, entre as vértebras C1 e C8, responsáveis pela sustentação e pelos movimentos da cabeça e dos membros superiores.

O ortopedista André Evaristo, do Hospital Sírio-Libanês, explica que uma coluna saudável tem movimentação harmônica, mas, ao sofrer lesão, as vértebras e discos podem ser desgastados e ter sua calcificação aumentada.

“Essa alteração provoca rigidez na estrutura e comprime os nervos do local afetado”. Tal compressão pode decorrer de uma série de fatores, como má postura, excesso de carga, estresse, trauma físico, hérnia de disco e doenças degenerativas.

Para minimizar a dor, o médico ensina um alongamento específico. Repita-o três vezes:

- Sente-se em uma cadeira ou fique em pé com o peso distribuído igualmente em ambas as pernas. Suavemente, traga o queixo em direção ao peito.Segure nessa posição por cinco segundos.
- Também de maneira suave, leve a cabeça para trás. Mantenha-se assim por cinco segundos.
- Deite a cabeça em direção ao ombro direito. Fique nessa posição por cinco segundos. Faça o mesmo para a esquerda. 
- Rode a cabeça no sentido horário. Realize três voltas completas. Repita no sentido anti-horário. 

Tudo sobre: