Aproveite o Verão para a prática de atividades físicas e conhecer novas modalidades

A estação mais quente do ano é um convite para fazer exercícios

A estação mais alegre do ano chegou e com ela vem aquela vontade de se movimentar. E nada melhor do que aliar isso à prática de atividades físicas, que deixam o corpo em dia e trazem qualidade de vida e bem-estar. Algumas modalidades, inclusive, parecem ter tudo a ver com o verão e são novidades nas academias. Então, inspire-se na matéria a seguir e mexa-se! Sua saúde agradece.

Lugar ideal

Para quem gosta de variedade e não abre mão dos exercícios clássicos, a academia é o lugar ideal. Silvio Soares, especialista em nutrição e fisiologia aplicadas ao exercício e professor de musculação da Smart Fit, diz que o local permite diversidade para quem curte fazer vários tipos de modalidade. “A gama é grande e, nesta época, não é segredo para ninguém que as academias ficam mais cheias”.

Porém, o professor faz um alerta e diz que é fundamental que quem opte por se exercitar passe primeiro por uma avaliação física. “O aluno não pode sair fazendo o que bem entende. Precisa aferir a circunferência abdominal e de quadril. Além disso, deve responder a uma série de perguntas sobre seu histórico de saúde ou se tem alguma restrição médica”.

Soares diz que uma coisa é praticamente certa nesta época do ano. “Quando perguntamos o motivo que trouxe a pessoa para a academia, a maioria fala que é por questão estética”, diz o educador físico, explicando que os alunos geralmente traçam metas bem definidas: perder cinco quilos ou reduzir cinco centímetros da circunferência abdominal etc.

O motivo mais comum? “Porque a pessoa vai fazer uma viagem e quer melhorar o corpo e se sentir bem durante as férias, na praia...” O grande problema é que, embora seja possível conseguir alguns resultados, a atividade física não traz milagres instantâneos, do dia para a noite. “A gente fala entre nós, professores, que o projeto verão começa no inverno. Em um mês, dois meses... Isso não acontece de um dia para o outro. Mas, sem dúvida, a #projetoverão bomba nas redes sociais”.

Fire Cycle

A Personal Club oferece aulas de bike que transformam o aluno em um personagem de jogo em que precisa driblar obstáculos e lutar contra avatares para concluir o seu percurso. Educador físico e empresário, Danilo Garcia diz que as aulas de Fire Cycle contam com sistema de luzes e som para deixar tudo ainda mais desafiador. “Cada treino é uma experiência nova”.

Para ele, que é o proprietário do estúdio, a estação convida para as práticas mais agitadas. “Na verdade, as pessoas querem transformar o corpo, se mexer e aliar perda calórica com algum exercício que seja motivador”.

Outra modalidade diferente é o Fire Bootcamp Cycle, um treino que une bike ao funcional. “Nesse caso, enquanto quatro alunos pedalam, outros quatro fazem o treino funcional. Implantamos essa modalidade com as bikes, um treino exclusivo nosso. É uma forma de garantir alta queima de calorias com trabalho sem impacto”.

Eletroestimulação

Novidade, a eletroestimulação oferece uma tecnologia que aciona, simultaneamente, 350 músculos em 20 minutos de atividade, o que equivale a uma carga de exercícios físicos semelhante a duas horas de musculação.

A modalidade, que pode ser encontrada na TecFit Santos, ajuda no emagrecimento, no fortalecimento abdominal, na redução da celulite, na melhora da postura, na redução da dor lombar e não oferece sobrecarga articular, explica o coordenador técnico Pedro Henrique Martins Ferreira Alves.

O aluno usa um colete feito de neoprene, semelhante a uma roupa de mergulho, porém recheado de eletrodos ligados a um aparelho. “Os eletrodos são colocados por toda parte superior e inferior do corpo, como peito, abdômen, braços, costas, pernas e glúteos”, detalha Alves. O colete é colocado sobre uma blusa e legging de malha especial, de algodão e elastano, para que a máquina, uma vez que acionada, estimule a musculatura.

Além da contração involuntária do colete, que estimula o músculo, o praticante não fica estático. “Tem a contração voluntária que é o exercício que o professor passa para cada um dos grupos musculares”. A recomendação é de uma a três sessões semanais, em dias alternados.

Water Bike

Para quem curte fazer exercícios na água, a Water Bike – ou pedalar na água – pode ser uma boa alternativa. Segundo Benedito Juarez Câmara, da Academia Mahatma, trata-se de um programa de atividades individualizadas e que ajudam o praticante a adquirir condicionamento físico e cardiovascular, perder de peso e obter fortalecimento muscular. “O exercício é ideal para todas as idades e tipos de reabilitação e, por ser realizado na água, gera menos impacto nas articulações”.

Sh Bam

Trata-se de uma aula de ginástica preparada para a pessoa se divertir e queimar calorias. “No Sh Bam, os movimentos são bem frenéticos e ao som de músicas pop. Uma aula dura, em média, 45 minutos e possibilita uma queima de, aproximadamente, 600 calorias”, diz Ligia Guida Villafranca, gerente da Academia Bio Ritmo Santos.

Segundo ela, não é preciso ter experiência em dança para aproveitar. “Vai do latino ao hip hop, passando pelo jazz”.

Tudo sobre: