EDIÇÃO DIGITAL

Quinta-feira

18 de Julho de 2019

Abertura do Seminário Porto & Mar reúne políticos, autoridades e empresários do setor

Governador João Doria participou do evento e voltou a defender a privatização do Porto de Santos

Com a presença do governador João Doria (PSDB), teve início nesta segunda-feira (24) o Porto & Mar - Seminário A Tribuna para o Desenvolvimento do Porto de Santos. Além de Doria, a abertura do evento contou com a participação do secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários substituto, Fábio Lavor.

O Seminário Porto & Mar é uma realização do Grupo Tribuna e acontece no Hotel Sheraton (Rua Guaiaó, 70, Aparecida), em Santos. A programação segue até terça-feira (25).

>>> Confira a programação completa do Seminário Porto & Mar

Entre políticos, autoridades portuárias e líderes empresariais ligados ao setor, a presença mais esperada para a abertura do encontro era a de João Doria. Antes mesmo de seu discurso inicial, o governador conversou com a imprensa.

O tucano voltou a defender a privatização do Porto, e disse que a função de administrar o cais santista é do setor privado. "Importante ressaltar a importância de privatização do Porto por parte do Governo do Estado. Para melhorar a qualidade exportativa, tudo isso demanda qualidade, a necessidade de investimentos, investimentos de qualidade, que não são poucos. O Porto de Santos, para ser de primeiro mundo, tem que ser privatizado. Com investimento da iniciativa privada, aumentamos a capacidade do Porto, oferecendo condições competitivas para a exportação brasileira" analisou o governador.

Durante o discurso de abertura, Doria complementou. "Estive no Fórum Internacional de Davos, na Suíça, e tive 23 encontros bilaterais. Todos com olhares para o Brasil, ao Estado de São Paulo, querendo investir, incluindo o Porto de Santos. Não há outro caminho a não ser a privatização".

João Doria defendeu a privatização do Porto de Santos (Foto: Carlos Nogueira/AT)

O diretor-presidente da TV Tribuna, Roberto Clemente Santini, também discursou na abertura do seminário. "Esse espaço que A Tribuna abriu há muitos anos tem sido fundamental para atingir resultados concretos. Muitos foram os temas debatidos ao longo dos últimos anos, como perimetrais, agendamentos de caminhões, licenciamento ambiental e, principalmente, descentralização das decisões. As cidades e o Porto têm que crescer juntos. Acreditamos que é fundamental a construção de uma ligação seca entre as margens Direita e Esquerda do Porto, beneficiando diretamente o Porto, a população e as cidades, assim com o fluxo de caminhões, veículos de passeio e o turismo", disse.

Representando o Ministério da Infraestrutura, Fábio Lavor também reforçou o plano de investimentos para com a iniciativa privada, algo que já está sendo feito em todas as diretrizes do Brasil pelo Governo Federal. "Não basta somente planejar, projetar, conversar. Parcerias com a iniciativa privada, hoje, são imprescindíveis. Ampliação de investimentos é muito importante. Para isso, o setor precisa de regras claras, segurança jurídica e de um modelo regulatório claro", comentou.

O Seminário Porto & Mar retorna nesta terça-feira, no mesmo local, a partir das 8h30. Estão previstas discussões técnicas sobre o futuro do Porto, divididas em quatro painéis durante o dia, com pausas para coffee break e almoço. A partir das 17h30, acontece a palestra de encerramento do encontro.

Diretor-presidente da TV Tribuna, Roberto Clemente Santini, participou da abertura do seminário (Foto: Carlos Nogueira/AT)