EDIÇÃO DIGITAL

Domingo

15 de Dezembro de 2019

Ana Lucia Moure Simão Cury jogou em casa e conseguiu a classificação para a próxima fase da disputa

Atleta do Tênis Clube de Santos derrotou Luciane da Costa, do Clube dos Ingleses, pela categoria 35+ Feminino Principiante

Em noite de estreia da categoria 35+ Feminino Principiante no 60º Torneio A Tribuna de Tênis, Ana Lucia Moure Simão Cury, do Tênis Clube de Santos, venceu Luciane Destro da Costa, do Clube dos Ingleses, por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/3. O jogo foi disputado ontem à noite no Tênis Clube. 

“Disputo o A Tribuna há quatro anos e fiz questão de jogar este ano pelo número significativo do torneio, 60 anos”, comentou a advogada de 55 anos, que já foi campeã de um torneio da Ordem dos Advogados do Brasil, mas ainda persegue o título no A Tribuna. “Ainda não fui campeã, mas estou lutando (risos)”.

Em uma das partidas de abertura da categoria, Ana Cury impôs o seu jogo diante da adversária, vencendo o primeiro set por 6 a 2, sem sobressaltos. 
No segundo set, o jogo ficou mais equilibrado, com boa troca de bolas de lado a lado, mas no final prevaleceu a superioridade da atleta do Tênis Clube. 

“Eu vim pra cá para ganhar, essa é a ideia. Aqui no clube a gente tem um grupo muito bom e sempre nos preparamos bem para disputar o Torneio A Tribuna”, frisou. 

Do outro lado, a funcionária pública Luciane Destro da Costa, 53, falou sobre a experiência de disputar a sua primeira edição da mais tradicional competição de tênis da Baixada Santista. 

“Meu filho, Guilherme Pereira, compete, e de tanto assistir aos jogos dele, sempre curti esse ambiente de competição. E decidi jogar o A Tribuna”, conta. 

O gosto pelo tênis foi despertado pelo marido, Sebastião Pereira, que levou a esposa e o filho para praticarem a modalidade. 

“O primeiro torneio que o Guilherme participou foi o A Tribuna. Ele gostou da brincadeira e começou a treinar pra competir pra valer. Mas este ano ele pegou pedreira, o cabeça de chave na categoria, o Lucas Andrade, que acho que é o número 1 do Brasil, e perdeu”. Lucas Andrade da Silva é, na verdade, o número 2 do ranking brasileiro na categoria 14 anos.

 

Tudo sobre: