EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

6 de Dezembro de 2019

Entre os cadeirantes, Heitor Mariano e Vanessa Cristina brilham no 34ª 10 KM Tribuna FM-Unilus

Paratletas foram os vencedores da categoria na prova, realizada neste domingo

"Amigos, amigos, negócios à parte". Os paratletas Heitor Mariano (Fupes) e Vanessa Cristina (Unimes/Fupes) são, entretanto, exceção à regra deste ditado popular. Com muita superação, técnica e parceria, os integrantes da equipe FastWheels dominaram a 34ª 10 KM Tribuna FM-Unilus na categoria Cadeirantes, realizada na manhã deste domingo (19), em Santos.

Na categoria Masculino, o paratleta de São Vicente levou a melhor, completando a prova no tempo de 24min. “Graças a Deus deu tudo muito certo. Já faz um tempo que estou dando prioridade às provas de velocidade no Brasil, mas vim de uma periodização de duas semanas. Nem achei que ia tão bem. Estou super feliz por ter vencido uma prova maravilhosa dessas pela quarta vez”, comentou Mariano.

Entre as mulheres, Vanessa Cristina mostrou seu favoritismo e foi além: além da vitória, baixou em dois segundos em relação a 2018, completando em 23min58. Com este resultado, Vanessa quebra mais um recorde brasileiro em provas de 10Km. "Foi uma sensação maravilhosa ganhar a prova pela terceira vez. Senti um pouco o ombro no fim da prova, mas deu tudo certo. Agora vou descansar para competir semana que vem na Suíça e representar bem o Brasil", projeta.

Experiente, Heitor Mariano rasga elogios à companheira de equipe. "Fiz uma dobradinha com a Vanessa para entrarmos bonito na linha de chegada. É um orgulho estar com ela. Vejo que cada dia que passa, está melhorando ainda mais. Digo com toda a experiência do mundo que uma mulher rodar junto com um homem, é porque ela está num patamar de excelência. Isso me deixa mais feliz que minha própria vitória".

Vanessa demonstra reciprocidade. "No começo, o Heitor foi um dos que mais me ajudaram. Treinávamos muito juntos, hoje ficou difícil porque moramos longe. Mas continuamos com a amizade forte, sempre se falando. O Heitor é a minha inspiração, e competir ao lado dele é muito gratificante", ressaltou a paratleta.

Tudo sobre: