Tribuna do Leitor - 5 de agosto de 2020

Na edição desta quarta-feira (5), participações de Mario Roberto Leite Augusto, Rubens Miranda de Carvalho, João Horácio Caramez e Josemilton de S. e Silva

Saúde bucal

Li atentamente a matéria de A Tribuna sobre aleitamento materno e gostaria de complementar sua importância também na saúde bucal. O leite materno é considerado o melhor alimento do ponto de vista nutricional, pois constatou-se que possui mais de 250 nutrientes, exercendo um papel importante contra a mortalidade infantil. Além de proporcionar à criança amamentada mais satisfação das suas necessidades emocionais, por meio do contato estabelecido entre mãe e filho. Nós, cirurgiões dentistas, atuamos junto aos pais, promovendo a importância do aleitamento materno no desenvolvimento dos músculos faciais, das arcadas dentárias, do elemento dentário. Também alertamos que o aleitamento previne a instalação de hábitos bucais deletérios, como uso de chupeta e mamadeiras, e outros hábitos de sucção não-nutritiva, que podem afetar o desenvolvimento normal do sistema estomatognático, protegendo contra a possível instalação de mal oclusões e evitando prejuízos para mastigação, deglutição, respiração e fala.
Mario Roberto Leite Augusto - Santos

Facilidade redacional

Quero parabenizar Vicente Cascione pelo artigo publicado no domingo passado. Sou fã de carteirinha do Cascione, cuja cultura e facilidade redacional correspondem a alguém que merece o substantivo intelectual como adjetivo de seus trabalhos. Tive poucas, mas boas, oportunidades de convívio com ele. Sou um bicho de concha, que melhor se manifesta por escrito. Repito-lhe a frase do general Antonio José de Sucre, na Batalha de Ayacucho: adelante! paso de vencedores.
Rubens Miranda de Carvalho - Santos

Segunda Divisão

O sr. Agostinho Juscelino de Freitas, em sua carta publicada nesta coluna, tece críticas à direção do glorioso Santos FC, sendo indelicado e infeliz ao lembrar que outros times já frequentaram a segunda divisão, como se isso fosse um crime ou algo vergonhoso. Em 15/08/1963, no clássico SanSão, o árbitro Armando Marques, por desacato, expulsou o jogador Coutinho e o Rei Pelé, então, para evitar uma tremenda goleada. Começou o famoso cai-cai. Aparecido contundiu-se no vestiário, Dorval ao dar à saída e Pepe aos três minutos. Pelas regras da época, não havia substituições. O juiz, então, encerrou a partida aos oito minutos do segundo tempo. Em 1983, o Santos foi convidado pela CBF à disputar a Taça de Ouro pois no Paulistão, em 1982, ficou na décima segunda posição e teria que disputar a Taça de Prata, que era mais uma repescagem do que uma série B, pois previa o acesso no mesmo ano. Santos FC, igual talvez, melhor jamais.
João Horácio Caramez - Santos

Perguntas

Colaborador desta coluna, o sr. Luiz Vinagre, comenta que um dos articulistas diz que "os eternos petistas, que perderam as eleições" estão culpando as redes sociais e chorando "porque o país está acabando com a corrupção". Senhor, peço desculpas, mas sou obrigado a rir. Primeiro, porque, no meu entender, não foi Jair M. Bolsonaro quem ganhou as eleições. Foi Sérgio Moro, ex-juiz e ex-ministro, que ganhou a confiança da população para ele e, depois, foi dispensado como se fosse um qualquer. Segundo, vou rir novamente por ler o colaborador dizer que estão acabando a corrupção. Pelo jeito, ele não assiste televisão, nem lê direito este jornal, para crer nesse absurdo. Terceiro, pergunto se ficar com o salário dos assessores; "mulher vendedora de açaí, que nunca foi à Brasília"; não é corrupção? Tentar acobertar filhos, que ficavam com parte dos ordenados dos assessores, e providenciar “laranjas” para comprar carros e apartamentos, não é corrupção? Deixar ministros passarem as boiadas e deixar o povo ser infectado com coronavírus e morrer aos milhares, é o certo a se fazer? Agora, quem passou os anos de gestão do PT recorrendo aos órgãos públicos, para que anulassem as eleições, sob alegação de que as "urnas eletrônicas estavam viciadas"? Ah... Será que agora, que estão no poder, as urnas eletrônicas pararam de estar viciadas?
Josemilton de S. e Silva - Guarujá

Tudo sobre:
 
Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.