Tribuna do Leitor - 4 de março de 2021

Hoje, com as participações de Diretoria de Comunicação da prefeitura de Santos, Sandro Rodrigues dos Santos, Arnaldo Luiz Corrêa e Luiz Vinagre

Resposta
Em atenção à carta do leitor Caleb Soares, publicada nesta coluna, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Santos) informa que o excesso de velocidade é fiscalizado na cidade. São 25 locais monitorados eletronicamente por radar, em diversos bairros. No último ano, mais de 90 mil condutores foram penalizados com multas e alguns tiveram o direito de dirigir suspenso, por infringirem a referida lei, ultrapassando em mais de 50% a velocidade limite estabelecida. Com relação às infrações cometidas por ciclistas, ressaltamos que, há mais de duas semanas, a CET-Santos vem realizando blitze, com apoio da Guarda Municipal e da Polícia Militar. As ações ocorrem diariamente, em locais e horários diferentes, onde há demanda de ciclistas. Há apreensão dos veículos daqueles que, mesmo orientados, insistem em desrespeitar as regras. Cursos online são promovidos àqueles que tiveram as bikes apreendidas.
DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO – PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTOS

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Melhor treinamento
Minha mãe foi vacinada no dia 27/02- maiores de 80 anos - na policlínica do Jd.Castelo em Santos. Após tomar a vacina, foi obrigada a retornar porque não constava no comprovante de vacinação o nome da vacina e a data do retorno estava marcada para 2022. Para ampliar o problema, a atendente confirma que não há data para retorno, a 2ª dose ficará para o final de maio (três meses) e que o nome da vacina é Serum. Secretaria da Saúde, por favor, oriente e treine melhor os atendentes, o nome da vacina precisa constar no comprovante, o nome certo, não o do instituto, e, sim, da fabricante que é a AstraZeneca no caso. Maior atenção para os com idosos se faz necessária. No retorno para 2ª dose, a falta de informação no comprovante pode gerar problemas, ainda mais se aumentarem as marcas de vacinas ofertadas.
SANDRO RODRIGUES DOS SANTOS – SANTOS

Crises e prejuízos
O Brasil vive um pesadelo todo dia. Enquanto o número de mortos pela pandemia cresce em ritmo acelerado e de maneira assustadora, seguimos sem vacina. O ocupante do Palácio do Planalto pouco se importa com a saúde da população e provoca crises e prejuízos para o País. Até quando nós, os pagadores de impostos, que votamos nesse cidadão, para nos livrar do PT, vamos aguentar ter no poder uma pessoa irresponsável, desequilibrada e despreparada para governar o País? Com exceção de seus seguidores, que aplaudem as suas parvoíces e insanidades diuturnas, o Brasil civilizado já está nos estertores. Não há a menor esperança de dias melhores. Cercado por ministros de desconhecem suas próprias áreas de atuação, com raras exceções, o ocupante do Planalto vai nos levar ao abismo nos agonizantes 22 meses que ainda lhe faltam de mandato. Não se pode descartar que se aventure a atos inconstitucionais para permanecer no poder, como já alertaram renomados juristas e analistas políticos.
ARNALDO LUIZ CORRÊA - SANTOS

Informações reais
Impressionante o tratamento da mídia em geral contra o Brasil, pois as notícias são sempre contra o que o que estão fazendo pelo bem da pátria. Um exemplo é a polêmica da não aquisição das vacinas da Phizer, que não estavam aprovadas, nem autorizadas, pela Anvisa. Mesmo que o Ministério da Saúde tivesse comprado essa vacina, diriam que houve mutreta, devido ao alto preço de cada dose. Falam que não compraram 30 milhões de seringas por falta de previsão, mas o Brasil é o maior produtor de agulhas (tínhamos mais de 100 milhões de agulhas) e o preço estava muito acima do mercado. Agora, o pior da mídia é não divulgar que nove milhões de brasileiros se recuperaram sem vacina e com medicamentos. Com a atenção da classe médica e de seus dedicados membros da Saúde, estamos salvando muitos brasileiros. Porém, só se fala nas lamentáveis 257 mil mortes, tentando culpar o presidente Bolsonaro por isso, sendo que todas as providências são dos prefeitos e dos governadores, a mando do STF. Vamos nos unir em torno de informações reais e positivas, para sair dessa pandemia de terceira guerra mundial e dar otimismo ao nosso povo.
LUIZ VINAGRE - SANTOS

Tudo sobre:
 
Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.