EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

14 de Agosto de 2020

Tribuna do Leitor - 21 de maio de 2020

Na edição desta quinta-feira, participações de Eliana Martins Serrão, Obed Zelinschi de Arruda, Luiz Vinagre e Carlos Sulzer

Opinião divergente

Venho através desta manifestar minha oposição a duas cartas publicadas neste espaço no dia 20, intituladas "Atividades Comerciais", escrita pelo sr. Bruno Karaoglan Oliva, e "Informações Diferentes", do sr. Patrick Georges. No tocante à primeira, na opinião do mesmo, se todos estiverem de máscara, ninguém se contamina: ledo engano! Depois de fazer faculdade de Enfermagem e trabalhar mais de 25 anos na área, acho que posso dizer com autoridade que não é assim. Conheço gente que desde o começo da pandemia usa a mesma máscara que nunca viu uma água e sabão. O que se dirá, então, daqueles que andam com ela pendurada na orelha, no queixo, passam a mão por cima dela inúmeras vezes e depois passam a mão nos outros? O maior exemplo disso é o nosso presidente da República, senhor Jair Bolsonaro. Basta assistir aos vídeos dele para aprender exatamente o que não se deve fazer. Então temos aí já um furo. O que nos salva ainda é o isolamento social, o uso de máscara e a lavagem das mãos. Quanto ao segundo assunto, receio que o amigo não esteja se informando nos melhores veículos, visto que algumas emissoras, principalmente as de cunho evangélico, dizem exatamente o que o senhor presidente da República deseja, em troca não sei do quê. Mas se resolver ler "A Tribuna", "Folha de São Paulo", "Estado de São Paulo", e começar a assistir os noticiários da Rede Globo, Globo News e CNN Brasil, creio que suas informações "vão bater". Se não concordarem, passem na farmácia para comprar Cloroquina e comecem a tomar, o presidente entende de prescrição de medicamentos.
Eliana Martins Serrão - Santos 

Nova carreira

Rosana Valle trocou a carreira de jornalista pela política e acrescentou bastante qualidade nessa missão, contribuindo sobremaneira para melhorar a vida dos desfavorecidos da Baixada Santista. Agora, eis que surge Solange Freitas trilhando o mesmo caminho, como descreve Arminda Augusto em entrevista muito interessante. São mulheres destemidas, conhecedoras dos problemas da Região, que muito contribuirão para práticas democráticas. Parabéns, Solange! Muito Sucesso!
Obed Zelinschi de Arruda - Santos

Poda de árvores 

Quero agradecer e parabenizar a Prefeitura de Santos e a Secretaria de Obras, especialmente o departamento de Obras e Serviços, pela realização da poda das árvores da Av. Bernardino de Campos. O trabalho foi feito com agilidade, respeito ao Meio Ambiente e segurança dos pedestres e dos veículos que por ali passavam. Ficou ótimo!
Luiz Vinagre - Santos

Medidas efetivas

Não estou desmerecendo o combate a Covid-19, realmente terrível, principalmente, por não sabermos como lidar com essa pandemia. Mas, as autoridades parecem totalmente perdidas. Exemplo disso foi o bloqueio do trânsito para carros particulares e ou aplicativos. Para onde esse pessoal estava indo? Esse é o pessoal que deve ficar em casa? Se essas pessoas realmente precisavam se locomover, utilizaram transporte público, que sabemos é um dos maiores focos de contaminação? . Outros querem bloquear o Sistema Achieta-imigrantes. As pessoas que circulam nessas rodovias estão indo ou vindo por quê? Os hotéis estão fechados. E se as pessoas estão vindo para trabalhar ou até para ficar no seu apartamento, pois a praia está também fechada. São decisões amadoras, um tiro no escuro, que funciona bem politicamente, mas racionalmente não significa nada. Mais cedo ou mais tarde, os governantes terão que tomar decisões de como tudo funcionará mesmo com esse vírus. Isso não está tão longe de acontecer, será em curto espaço de tempo. Precisam trabalhar e raciocinar para tomar medidas efetivas, e não, ficar atirando para todo lado, para justificar depois que agiram com preocupação, mas sem efetividade. 
Carlos Sulzer - Santos

Tudo sobre:
 
Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.