EDIÇÃO DIGITAL

Quinta-feira

6 de Agosto de 2020

Tribuna do Leitor - 20 de junho de 2020

Participaram desta edição Algirdas Sipavicius, Carlos Ávila, Prefeitura Municipal de Santos e CPFL Piratininga

Mudança necessária

Como se sabe, a transmissão da Covid-19 foi muito grande nos navios de passageiros devido ao aparelho central de refrigeração de ar. Em outra situação, 22 pessoas que trabalharam alternadamente em uma sala com ar recondicionado acabaram infectadas pelo novo coronavírus. Então, fica claro que não se deve usar o ar recondicionado em ambientes comunitários. É necessário que passemos a usar sistema de refrigeração de fora para dentro e saída por exaustores, não havendo reciclagem de ar. Que a nova tecnologia utilize refrigeração de ar externo com exaustão simultânea. Será algo mais caro, porém muito mais saudável. Espero que a utilização do antigo sistema de refrigeração de ambientes seja proibida pelas autoridades sanitárias.

Algirdas Emílio Sipavicius - Santos

Voto anulado

Em 2016, votei para vereador e para prefeito com o intuito de escolher os melhores representantes da população para cada cargo. O vereador, para exercer suas funções de fiscal do Executivo e elaborar leis. O prefeito, para que administrasse nossa cidade e fizesse as obras necessárias para o bem da população. De repente, veio a pandemia e, por força de julgamento do STF, algumas funções de prefeito foram delegadas ao governador. Diz o artigo 30 da Constituição que compete ao Município legislar sobre assuntos de interesse local. Assim, de uma hora para outra, meu voto passou a não valer nada e o governador passou a administrar a cidade de Santos, inclusive determinando a sua posição dentro do Plano São Paulo. A princípio, o prefeito tentou se rebelar e permitir a abertura do comércio, por entender que a cidade estava situada na faixa laranja, mas o governador insistia que estava na faixa vermelha. Após idas e vindas do assunto, por pressão, foi permitida a abertura do comércio de rua. Todavia, a abertura de shoppings continua proibida, sendo que tais estabelecimentos contam com infraestrutura para obedecer às recomendações da vigilância sanitária, muito mais do que as feiras livres, os supermercados e o comércio em geral. Se esquecem que os shoppings da cidade abrigam mais de 500 lojas e mais de 3000 empregos diretos de habitantes eleitores. Vamos aguardar as próximas eleições. 

Carlos Alberto Ávila - Santos 

Sobre bancos

Em resposta à carta do sr. Wanderley Peres Parada, publicada no último dia 18, a Secretaria de Serviços Públicos de Santos informa que os bancos em instalação na orla foram desenhados e projetados ergonomicamente para maior robustez e, consequente, segurança aos usuários. Os antigos se encontravam desgastados pelo tempo e estão sendo removidos. As pranchas de madeira em bom estado de conservação estão sendo reaproveitadas em praças da Cidade e servindo de base para passarelas acessíveis, destruídas pelas últimas ressacas na orla. Os novos bancos estão em processo de instalação e a falta de um dos parafusos ocorre devido a serviços que ainda serão feitos, como reparos de pisos, pintura dos apoios com resina e fechamento de furos de parafusos fixadores, para evitar riscos e insegurança. Desta forma serão usados os quatro parafusos. Vale destacar que os bancos novos são resistentes, aconchegantes e mais duráveis que os antigos.

Secretaria de Comunicação - Prefeitura Municipal de Santos

Sobre solicitação 

Em relação à carta do leitor Jairo Albrecht Coutinho, publicada no dia 15 de junho, a CPFL Piratininga informa que a solicitação de aumento de carga e substituição do equipamento de medição realizada pelo cliente estava em fase de conclusão das análises de viabilidade técnica e os serviços foram finalizados na quinta-feira, 18 de junho. A companhia esteve em contato com o solicitante para eventuais esclarecimentos e se coloca à disposição para quaisquer novas necessidades. A distribuidora destaca ainda que gerencia e monitora os níveis de serviços de todos os processos, sempre mantendo o foco na excelência e no propósito de bem atender seus clientes.

Assessoria de imprensa - CPFL Piratininga

 

Tudo sobre:
 
Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.