Tribuna do Leitor - 19 de outubro de 2020

Na edição dessa segunda-feira (19), participações de Anacleto Serafim de Almeida Filho, Luiz Antonio Gonzalez, Josemilton de S. e Silva, Fernando Martins Braga e Edgar Granata

Rei da praia

Com enorme satisfação, parabenizamos o articulista Gabriel Pierin, responsável pela coluna Histórias do Surfe. A publicação do artigo "Juca, o rei da praia" foi muito feliz, ao falar sobre episódios da carreira esportiva de Antonio Sergio de Souza. Pudemos desfrutar de sua amizade nos tempos de voleibol, durante Jogos Regionais e Abertos, onde fazíamos parte da mesma equipe de tênis de mesa. Era um esportista eclético, um amante da música e, principalmente, um ser humano de astral maravilhoso. Foi, também, nosso colega de trabalho na Companhia Docas, onde fez incontáveis amizades e deixou muitas saudades. Ficou pouco tempo neste plano, mas o fez de maneira intensa.

Anacleto Serafim de Almeida Filho - Santos

Roupa branca

De acordo com o calendário oficial político Covid-19, em princípio, não haverá festa de Ano-Novo e nem de Carnaval. Será? Alguém acredita que, de fato, os eventos não ocorrerão? Se em um simples fim de semana, não há obediência e muito menos fiscalização, como segurar a vontade das pessoas nesses dois eventos públicos? Infelizmente, temos a falência da credibilidade em tudo que os administradores políticos divulgam. Principalmente, por ser um ano de eleições, quando tudo se promete e nada, ou quase nada, se realiza. Preparem a roupa branca e a fantasia! Feliz Vida!!

Luiz Antonio Gonzalez - Santos

Voto de protesto

Será que, em outros países do mundo, a política é feita do mesmo jeito que aqui? Acredito que não. Pelo menos, a imprensa internacional não noticia mais de uma dezena de candidatos ao cargo de prefeito, como em Santos. Muito menos, centenas de candidatos à Câmara de Vereadores de uma cidade que dispõe de apenas 21 vagas. No Brasil, temos analfabetos políticos como eleitores. E o descaramento dos políticos nas eleições só acontece porque eles utilizam verbas eleitorais, pagas com nosso dinheiro. Ah! Estava esquecendo um detalhe: existem os candidatos que entram para concorrer com o "voto de protesto". Já tivemos vários deles na Baixada Santista, como o Ganso-do-siri, em Guarujá, e o Zé Macaco, em Santos. O mesmo acontece em outros locais, como o Cacareco, em São Paulo; o Bode Cheiroso, em Pernambuco; o deputado federal Tiririca, em Brasília. Parece que só o povo que não percebe que eles estão brincando com o nosso dinheiro.

Josemilton de S. e Silva - Guarujá

Turismo em evidência

O príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammad bin Salman, já está olhando para um futuro que se aproxima rapidamente. Caso sua principal riqueza, o petróleo, venha a perder importância monetária para o seu país, ele já começou a liberar algumas coisas que eram proibidas, visando lucrar com o turismo. A polícia de costumes, que agredia sem dó as pessoas e era muito temida por todos, sumiu das ruas. Hoje, a Arábia está atraindo eventos esportivos como um grande prêmio de Fórmula E, além da taça de futebol da Espanha, a um custo imenso, mas que atraiu muitos turistas. Atualmente, o ministro mais importante do país é o de Turismo. Existem até clubes fechados, onde se pode ver o uso de biquínis e comercialização de bebidas, mas não são permitidas fotos. Como se percebe, o turismo está em evidência.

Fernando Martins Braga - Santos

Bom senso

Do alto de sua arrogante prepotência, um ministro da Suprema Corte mandou soltar o maior criminoso do narcotráfico. No Código de Processo Civil atual consta que '' a segurança jurídica fica comprometida com a brusca e integral alternação do entendimento dos tribunais sobre questões de direito ". Portanto, no Brasil não há mínima segurança. Tudo vai de mal a pior. Ao juiz não cabe alegar lacuna na legislação, mas, sim, recorrer à analogia. Na esfarrapada verborragia, com pura tergiversação, esse ministro tenta demonstrar que conhece as leis, artigos por artigos, parágrafos, alíneas. Ora, isso é o que os rábulas mais sabem fazer com essa decoreba. Citou conhecimentos de leis, mas esqueceu da analogia e do bom senso.

Edgar Granata - Porto Alegre

 

Tudo sobre:
 
Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.