EDIÇÃO DIGITAL

Quinta-feira

6 de Agosto de 2020

Tribuna do Leitor - 14 de junho de 2020

Na edição deste domingo, participações de Maria Laudenir C. S. Oliveira, Luiz Alberto dos Reis, Luiz Antonio Gonzalez, Paulo Sergio de Souza e Luiz Vinagre

Solidariedade 

Não bastassem os efeitos desastrosos e cruéis da pandemia, turbinados por desacertos e rusgas entre as instâncias estadual e federal, fomos surpreendidos pela decisão da gestão João Doria de enquadrar Guarujá em 'zona de alerta de risco'. Como bem manifestou o prefeito Válter Suman, "nós não concordamos, isso não condiz com a verdade". Entendemos e aplaudimos os esforços do Governo do Estado em defender a saúde pública e recomendar, com veemência, o isolamento social. Porém, houve tempo e elementos suficientes para se mapear, com critério e responsabilidade, a flexibilização e os preparativos para a retomada. Desta forma, cabe registrar nosso desapontamento e até mesmo indignação ante o tratamento dispensado a Guarujá na decisão governamental. Conforme bem salientou Franco Montoro, nos anos 1980, "a vida acontece nos municípios". E são as células municipais que detém o conhecimento das suas peculiaridades. Por isso, decisões divorciadas de uma leitura profunda e acurada da realidade local, tomadas de cima para baixo, não ajudam em nada. Ao contrário, desmerecem os esforços até então empreendidos e frustram expectativas. O Guarujá Convention and Visitors Bureau - Visite Guarujá reitera seu apoio ao posicionamento do prefeito Válter Suman, pois a cidade se preparou, com todo empenho e seriedade, para oferecer atendimento, tratamento e leitos hospitalares para as pessoas infectadas e adoecidas pela Covid-19.

Maria Laudenir C. S. Oliveira - Guarujá


Necessário frear

A tão propalada pandemia matadora, que nunca atinge seu pico neste nosso Brasil, dizimou pequenos comércios, empobreceu grande parte da população e está sendo indevidamente controlada e conduzida por autoridades fortemente induzidas por interesses outros. Graças a Deus, parece que já está fazendo água, não só pela divergência entre os partícipes de toda trama, como também pelas graves denúncias de corrupção, decorrentes de licitações ilícitas. Paralelamente, tenho lido diariamente a coluna "falecimentos e missas" deste matutino. Temos o mesmo volume de mortos todos os meses, com idade média de 72 anos, mesmo depois do início da pandemia. Alguma autoridade ou instituição tem que colocar um freio nessa bagunça do #fiqueemcasa, do use máscara, da proibição de tomar um café na padaria, da praia interditada e de tudo o mais. 

Luiz Alberto dos Reis - Santos
 
Hipocrisia

Quero parabenizar o dr. Mario Melo pelo seu antigo publicado na coluna Tribuna Livre, sob o título Hipocrisia, pura hipocrisia. Perfeito!! Essa é a pura realidade! Até que enfim, leio mesmo pensamento que o meu. E não sou Bolsonaro de carteirinha, mas, sim, um brasileiro.

Luiz Antonio Gonzalez - Santos

Fatos positivos

Tenho acompanhado os noticiários nas variadas mídias o que percebo, na maioria das vezes, é uma Imprensa que só se preocupa em divulgar o número de óbitos. Obviamente, não estou generalizando. Para encurtar o texto, pergunto por que também não passam a divulgar o número de casos recuperados com mesma enfatização? Por que não divulgam as cidades e estados que estão batendo recorde de casos recuperados? Tudo tem que ser divulgado, mas estão divulgando tudo? Claro que não. Por favor, pensem naqueles que estão em condições externamente difíceis. Sem a divulgação dos fatos positivos, acabam tirando as esperanças dessas pessoas. Divulguem tudo.

Paulo Sergio de Souza - Santos

Comparações

O advogado Rubens Miranda de Carvalho, em artigo publicado na coluna Tribuna Livre, faz comparações entre o Nazismo e a Justiça brasileira. Claro que a erudição desse senhor é incomparável. No entanto, gostaria de argumentar que somos brasileiros, todos diferentes, embora alguns do STF achem que o Brasil é hoje uma Alemanha nazista. Não somos a favor de qualquer ato contra a Constituição Federal, porém somos contra os atuais ministros do STF, totalmente partidários e contrários ao governo atual.

Luiz Vinagre - Santos

Tudo sobre:
 
Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.