EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

16 de Novembro de 2019

Tenente Coimbra

Matheus Coimbra Martins de Aguiar é 1º Tenente do Exército Brasileiro. É formado em Administração de Empresas. Também possui formação em Política e Estratégia, na Escola Superior de Guerra (ADESG). Foi eleito deputado estadual pelo Partido Social Liberal (PSL), com 24.109 votos, nas eleições de 2018

Professor, uma missão de amor e desprendimento

Professor, neste dia especial, receba nosso carinho, admiração e o compromisso de lutar para que o seu trabalho receba a valorização que merece

Mais que um desafio diário, ser professor no Brasil é uma missão. O país tem um dos piores pisos salariais no mundo todo e está no topo da lista de profissões mais estressantes. Exemplificando, ranking recente feito pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico nos colocou em 40º lugar, com uma média anual de US$ 13 mil, quando o primeiro colocado sustenta invejáveis US$ 79 mil.

Além disso, escolas sucateadas e, muitas vezes, caindo aos pedaços, dificultam o exercício da profissão. Para piorar esse cenário, na cidade de São Paulo, todo dia um professor é agredido fisicamente por aluno dentro de uma sala de aula. Esse retrato é de um cenário que vem acumulando altas consecutivas no registro de violência escolar. No ano passado, foram computados 434 casos de violência física dentro da sala de aula, número que quase duplicou em comparação a 2014.

Tudo isso é um contraste absurdo em relação à importância e relevância dessa profissão. São os professores que ensinam desde as primeiras letras até a formação profissional. E eles vão além das suas atribuições: em uma época em que pais e mães estão atolados no trabalho, sem tempo para cuidar dos filhos e delegam essa função às escolas, muitas vezes, cabe a eles a tarefa de educar.

A Educação é a base de todo desenvolvimento de um país. Sem ela, não há avanços. E só cresceremos e nos desenvolveremos como nação, de fato, quando valorizarmos o professor pois, como disse um dos maiores educadores brasileiros, sem Educação, a sociedade não muda. 
É por isso que trabalhamos de forma incansável na criação das escolas cívico-militares em nosso estado para resgatar a valorização e respeito aos professores, ao mesmo tempo em que melhoramos o aprendizado dos jovens, que serão o futuro de nosso país.
 
Professor, neste dia especial, receba nosso carinho, admiração e o compromisso de lutar para que o seu trabalho receba a valorização que merece.

Tudo sobre:
Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.