Tenente Coimbra

Matheus Coimbra Martins de Aguiar é 1º Tenente do Exército Brasileiro. É formado em Administração de Empresas. Também possui formação em Política e Estratégia, na Escola Superior de Guerra (ADESG). Foi eleito deputado estadual pelo Partido Social Liberal (PSL), com 24.109 votos, nas eleições de 2018.

Acesse todos os textos anteriores deste colunista

Dia do Soldado, homens e mulheres que tornam o Brasil ainda mais forte

Seja na Forças Armadas ou forças de segurança pública, são homens e mulheres que se dedicam diariamente a servir a população, com amor à pátria, sacrificando a própria vida, se for necessário

Nesta terça-feira (25/08), é comemorado o dia do Soldado. Sejam os que atuam nas selvas; nos mares; no ar; nas cidades; combatendo o fogo ou zelando pela segurança em presídios. Seja na Forças Armadas ou forças de segurança pública municipais, estaduais e federais, são homens e mulheres que se dedicam diariamente a servir a população, com amor à pátria, sacrificando a própria vida, se for necessário. Independente do posto ou graduação, todos são soldados e cumprem a mesma missão: tornar o Brasil cada vez mais forte e seguro.

Todos os dias, eles lutam para ajudar a sociedade em suas mais variadas necessidades. Atuam diretamente para salvar vidas, manter a ordem, preservar a biodiversidade e até mesmo para garantir a saúde da população, em epidemias. Com dedicação, civismo, cultuando os bons valores e os símbolos nacionais, o papel destes homens e mulheres vai muito além de missões que utilizam armas de fogo. 

Um exemplo é a atuação do Exército Brasileiro no combate à pandemia do novo coronavírus, realizando uma série de ações desde a construção de hospitais de campanha e a higienização de vias, até a distribuição de alimentos para a população mais carente e o transporte de mais de 260 mil quilos de medicamentos, materiais hospitalares, álcool em gel, entre outros, por todo o Brasil.

A data de 25 de agosto homenageia o dia de nascimento do grande patrono do Exército Brasileiro, Luiz Alves de Lima e Silva, o Duque de Caxias. Ele foi um grande líder durante batalhas que consolidaram a independência do Brasil. Também sufocou diversas rebeliões contra o governo imperial da época e participou da Guerra do Paraguai. Por seu papel na defesa da união nacional, da ordem e da paz, recebeu o apelido de “pacificador”.

Mas a grandeza do nosso Exército fica explícita também na atuação das mulheres. A primeira a servir ao país foi Maria Quitéria de Jesus, que recordamos neste dia por ter marcado história como a primeira mulher a participar de um combate, em 1823. Lutando contra os portugueses pela manutenção da independência do Brasil, após fingir ser homem para entrar nas Forças Armadas, ela se tornou a primeira soldado mulher do país.

Essas são apenas algumas das histórias de soldados que marcaram época e que inspiram várias gerações de militares até os dias atuais. 

Muito além dos combatentes que entraram para a história do nosso país, cada militar constrói sua própria trajetória e colabora para o crescimento da nação. Uma vez soldado, a pessoa leva consigo os bons valores que aprende durante a carreira por toda a sua vida.

Parabéns a todos os soldados do Brasil, que independente da instituição, da cor da farda, e da desvalorização sofrida no passado por parte de alguns governos, não abaixam a cabeça, nem abandonam a missão. Nós precisamos de vocês, homens e mulheres fortes, que lutam diariamente para a construção de um país melhor para todos. Podem contar sempre comigo, pois sempre serei um de vocês. Brasil acima de tudo!

Tudo sobre:
 
Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.