EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

22 de Novembro de 2019

Tenente Coimbra

Matheus Coimbra Martins de Aguiar é 1º Tenente do Exército Brasileiro. É formado em Administração de Empresas. Também possui formação em Política e Estratégia, na Escola Superior de Guerra (ADESG). Foi eleito deputado estadual pelo Partido Social Liberal (PSL), com 24.109 votos, nas eleições de 2018

Brasil tem queda na criminalidade. E isso é só o começo

Uma das principais promessas de campanha do presidente Jair Bolsonaro já começa a dar fruto: a criminalidade vem caindo no Brasil

Uma das principais preocupações do brasileiro é a segurança pública. O medo de ser morto em um roubo ou de ser vítima de um crime violento como o estupro, por exemplo, tira o sono de muitos cidadãos. Mas, no primeiro semestre deste ano, uma das principais promessas de campanha do presidente Jair Bolsonaro já começa a dar fruto: a criminalidade vem caindo no Brasil.

E o mais notório é que esse resultado foi obtido em crimes que trazem grande sensação de insegurança, como latrocínio (roubo seguido de morte), os estupros e os homicídios. Nos seis primeiros meses do ano, o número de latrocínios caiu 23,8%; homicídios caíram 22% e os estupros, 12%.

Outros crimes que apresentaram redução foram os roubos a instituição financeira (-40,9%), roubo de carga (-25,7), roubo de veículo (-27%) e furto de veículo (-9,9%). As estatísticas estão disponíveis no site do Ministério da Justiça. Todo mundo pode conferir.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, atribuiu a queda ao trabalho de inteligência e à ação integrada entre as forças federais, estaduais e do Distrito Federal. E esses resultados podem ser ainda melhores se o Pacote Anticrime for aprovado.

Não é aceitável que o povo, que paga tantos impostos, não tenha suas necessidades mais básicas atendidas. E a segurança pública é uma dessas necessidades. A eleição do presidente aconteceu porque o brasileiro encontrou nele a figura de um líder que está disposto a encarar os problemas de frente e a agir para mudar a situação. E nós começamos a ver as mudanças.

Os bandidos não podem jamais se sentirem livres para praticar os seus crimes. E, neste governo, já estão percebendo que serão tratados com o rigor que a lei impõe. Em São Paulo, a população pode contar com o meu trabalho para melhorar a segurança pública por meio de ações que minimizem a exposição ao risco, como no caso da lei aprovada que permite o desembarque fora do ponto de parada da população mais vulnerável; que valorizem os policiais, como as ações para cobrar aumento de salário, e que melhorem a estrutura das nossas forças policiais, que são solicitadas após visitas a batalhões e unidades da Polícia Civil.

Sentir-se seguro para sair de casa e praticar a mais variadas atividades não é uma tarefa fácil para muita gente. Pesquisa feita pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) revelou que a segurança pública é a segunda maior preocupação do brasileiro, perdendo apenas para a saúde.

Se você faz parte dessa parcela da população, pode começar a se sentir mais tranquilo, o Brasil está mudando e, finalmente, a população começa a ser atendida da forma que merece. Brasil Acima de Tudo!

Tudo sobre:
Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.