Tenente Coimbra

Matheus Coimbra Martins de Aguiar é 1º Tenente do Exército Brasileiro. É formado em Administração de Empresas. Também possui formação em Política e Estratégia, na Escola Superior de Guerra (ADESG). Foi eleito deputado estadual pelo Partido Social Liberal (PSL), com 24.109 votos, nas eleições de 2018.

Acesse todos os textos anteriores deste colunista

A Igreja e a comunidade

Temos sorte de ter, na Baixada Santista, tantos párocos que atuam de forma muito próxima de suas comunidades

A aproximação entre padres e suas comunidades é fundamental para que os valores cristãos, tão raros de serem aplicados hoje em dia, se alastrem. Nossa juventude precisa de bons exemplos e bons valores. Temos sorte de ter, na Baixada Santista, tantos párocos que atuam de forma muito próxima de suas comunidades. 

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Em São Vicente, o padre Renan Fonseca e Censi, da Igreja Matriz de São Vicente, tem feito um trabalho incrível aproximando a juventude dos fundamentos cristãos. Jovem, foi ordenado há pouco mais de cinco anos, padre Renan vem envolvendo a comunidade em assuntos que vão além da filosofia cristã. Formado em administração, tem prestado serviços relevantes à igreja católica em São Vicente.  

Antes mesmo de ser ordenado, em 2015, Renan participava ativamente de igreja, assumindo funções que não eram comuns para os jovens da comunidade, como ministro da Eucaristia e tesoureiro. Terminou a faculdade de administração e desde então não parou de estudar. Foram sete anos de seminário, sendo três anos de curso de Filosofia e mais 4 anos estudando Teologia na PUC, em São Paulo.  

Toda essa dedicação o preparou para assumir o comando da Matriz de São Vicente. Jovem, desenvolve várias atividades e busca deixar a paróquia mais dinâmica, para atrair mais fiéis. 

Padre Renan se envolve nos assuntos da comunidade e da cidade como um todo, atua junto ao poder público e luta para que ela alcance as melhorias necessárias para que a vida de todos tenha mais qualidade. 

Não é à toa que ele foi escolhido para interpretar Gonçalo Monteiro, primeiro padre a rezar uma missa na Primeira Cidade do Brasil, na Encenação da Fundação da Vila de São Vicente. 

Em uma de suas homílias, o Papa Francisco defendeu a proximidade dos sacerdotes de suas comunidades. Na ocasião, ele disse: “Não se pode fazer comunidade sem proximidade. Não se pode fazer a paz sem proximidade. Não se pode fazer o bem sem aproximar-se”. 

Nós, da Baixada Santista, temos muita sorte de ter representantes católicos tão atuantes e tão envolvidos com as questões da nossa comunidade. Que seus exemplos encontrem eco na nossa juventude e que cada vez mais os valores cristãos se espalhem por nossa sociedade.

Tudo sobre:
 
Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.