EDIÇÃO DIGITAL

Quarta-feira

18 de Setembro de 2019

Rosana Valle

É deputada federal (PSB/SP), jornalista e escritora. Foi repórter da TV Tribuna por 25 anos e por 18 apresentadora e editora do programa Rota do Sol. Já fez reportagens em mais de 30 países e é autora de dois livros sobre o turismo regional e internacional. Rosana iniciou seu mandato em 2019 e é membro titular das Comissões de Viação e Transportes e Direito das Mulheres

Os mecânicos de aviões de Guarujá!

Curso de Mecânica de Aviões e Manutenção de Aeronaves teve as aulas suspensas pela Anac em março deste ano

O Curso de Mecânica de Aviões e Manutenção de Aeronaves, criado pela Aeronáutica em 1975, na Base Aérea de Guarujá, sempre foi considerado um dos melhores do Brasil.

Com 44 anos de existência, o curso atualmente é gerenciado pela Etec Alberto Santos Dumont, mantida pelo Governo do Estado. Em março desse ano, as aulas foram suspensas pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Segundo a Anac, a escola não estava conseguindo se adequar a mudanças curriculares propostas pela Agência, e por isso, teve as aulas paralisadas.

Para resolver esse assunto, fui até a sede da Agência de Aviação Civil, em Brasília, onde conversei com o chefe da Gerência Técnica e de Formação da Anac, João Paulo Hirae.

Discutimos a reativação do curso, de forma que os mais de 100 alunos não sejam prejudicados depois de anos de dedicação ao estudo. Além disso, existem os jovens que concluíram o curso e não conseguiram o certificado.

A Anac explicou que a Etec Alberto Santos Dumont precisa apresentar um plano de aproveitamento de matérias. Dessa forma, os alunos que estão concluindo o curso poderiam fazer apenas as novas disciplinas inseridas na grade curricular a ser atualizada. Ou então, um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) acertado entre as partes.

No próximo dia 16, irei me reunir com o diretor da Etec de Guarujá, Reginaldo Ribeiro. Depois vamos programar uma videoconferência entre os gestores da Etec e os representantes da Anac.

Vamos discutir conjuntamente os problemas e encaminhar os procedimentos técnicos para a regularização e o reinício do curso de manutenção de aeronaves.

Na nossa região temos o aeroporto de Itanhaém, e em breve teremos também o de Guarujá, além do Complexo de Andaraguá, em Praia Grande, que será um gigantesco aeroporto de cargas.

A procura por mecânicos de aviões será grande, por isso não podemos permitir que o curso na Etec de Guarujá seja definitivamente extinto.

A manutenção das aulas é a possibilidade de novos empregos para os jovens da nossa região.

Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.