EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

16 de Novembro de 2019

Roberto Monteiro

Foi repórter das principais rádios de São Paulo: Bandeirantes, Record, Jovem Pan e Gazeta. Nos últimos anos atuou nas maiores emissoras de rádio de Salvador.

Fabio Carille é demitido do Corinthians após goleada sofrida para o Flamengo

Resultados são a única medida da capacidade de um treinador, independente da qualidade do elenco disponível para disputar uma competição

Amigos, a oitava partida do Corinthians sem resultado positivo acabou redundando na demissão do técnico Fabio Carille, aquele que voltou pela vontade da torcida mas que nunca esteve nos sonhos do presidente Andrés Sanchez.

Coisa comum no futebol brasileiro, afinal os resultados são a única medida da capacidade de um treinador, independente da qualidade do elenco disponível para disputar uma competição.

O Corinthians tem um ano marcado pela baixa qualidade de seu futebol, forte na defesa mas sem nenhuma criação de jogadas a partir do meio campo, dependendo sempre de uma oportunidade em falta ou escanteio para vencer um jogo. Diante do Flamengo fez um primeiro tempo que ainda não tinha feito nesta competição, mas bastou tomar o primeiro gol - em pênalti inexistente- para abrir a guarda e levar mais dois gols muito rapidamente, sem chance de esboçar reação diante da enorme diferença técnica para o adversário. Assim, a cada rodada se afasta ainda mais da possibilidade de disputar a Taça Libertadores em 2020.

Este resultado acabou sendo ruim para o Palmeiras, que ainda sonha em chegar ao título. Num jogo em que venceu o Ceará sem merecer o time de Mano Menezes teve no goleiro Weverton sua figura mais importante, com defesas que fizeram a diferença e não permitiram que o time cearense levasse uma vitória para Fortaleza. 

A cada jogo do Palmeiras fica claro que o time tem vencido com dificuldade em razão do desequilíbrio técnico em seus setores em campo. Tem faltado, desde os tempos de Felipão, um meio campo mais criativo e aproveitamento positivo das oportunidades que cria. Depender só do bom momento de Dudu e alguns lampejos de meias como Gustavo Scarpa e Zé Rafael é muito pouco. 

Já o São Paulo foi a Chapecó e teve o primeiro resultado positivo fora de casa sob o comando de Fernando Diniz, diante de um adversário muito limitado. Nada que apague a boa atuação da equipe em boa parte do jogo, com destaques para Antony, Bruno Alves e o goleiro Tiago Volpi com grandes defesas tranquilizando o time em campo .

O São Paulo caminha para se garantir na fase de grupos da Liberadores, ao lado do Palmeiras e do próprio Santos.

O Santos que venceu bem ao Botafogo se consolidou ainda mais na terceira colocação, com Soteldo e Marinho sendo mais uma vez os destaques da equipe.

Time de Jorge Sampaoli atinge assim uma marca importante, pois acumulou sua quinta vitória consecutiva jogando na Vila Belmiro onde tem aproveitado bem a vantagem do fator campo, mesmo sem contar com grande presença de sua torcida.

Tudo sobre:
Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.