EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

22 de Novembro de 2019

Roberto Monteiro

Foi repórter das principais rádios de São Paulo: Bandeirantes, Record, Jovem Pan e Gazeta. Nos últimos anos atuou nas maiores emissoras de rádio de Salvador.

Corinthians volta a vencer com estreia de Dyego Coelho

O time teve um primeiro tempo com mais posse de bola, mas o Fortaleza não dava espaço

O Corinthians voltou a vencer depois de oito rodadas, na estreia de Dyego Coelho no comando técnico. O time teve um primeiro tempo com mais posse de bola, mas o Fortaleza não dava espaço. Sempre marcando forte e no contra ataque teve aproveitamento na sua primeira chance real com Romarinho. Dois minutos depois Boselli empatou em furada de Paulão, num de chute errado de Pedrinho. Além disso só dois chutes de meia distância de Pedrinho e mais nada perigoso ocorreu.

Júnior Urso fez o gol da virada logo na saída do segundo tempo. Kiesa empatou quatro minutos depois. E novamente Boselli, que era um jogador que poucos acreditavam, definiu o placar num jogo em que o Corinthians mudou seu estilo, jogou com muito mais vontade e determinação e valorizou muito o clássico diante do Palmeiras na próxima rodada.

Palmeiras que teve um resultado importante diante do Vasco, num jogo truncado e de muita reclamação. Time de Mano Menezes entrou bem modificado e mesmo assim conseguiu se manter na briga pelo título. O atacante Luís Adriano voltou ao time e jogando só o segundo tempo foi o destaque do jogo marcando o gol da vitória num lance polêmico e saiu se queixando de sentir novamente a contusão que o afastou do time por um bom tempo. 

Mano Menezes vai, com momentos bons e ruins, levando a equipe em busca da liderança e terá um jogo muito complicado pela frente neste sábado no Pacaembu, com a volta de vários jogadores poupados neste jogo com o Vasco.

Já o Santos venceu a terceira partida seguida, jogando fora diante do Avaí nim jogo em que tudo foi decidido ainda no primeiro tempo com Eduardo Sasha e Marinho marcando e deixando o time de Jorge Sampaoli ainda mais perto da vaga para a Libertadores em 2020.

Cinco pontos atrás do Palmeiras dificultam a pretensão do time chegar pelo menos ao vice-campeonato, mas dão certeza a sua torcida de uma temporada tranquila mesmo com as constantes mudanças feitas na sua escalação.

Jorge Sampaoli é mesmo o direto responsável por tudo isso, deixando a todos na expectativa por sua permanência no cargo na próxima temporada, onde já declarou que irá exigir uma equipe mais reforçada para continuar.

Tudo sobre:
Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.