EDIÇÃO DIGITAL

Quarta-feira

18 de Setembro de 2019

Roberto Monteiro

Foi repórter das principais rádios de São Paulo: Bandeirantes, Record, Jovem Pan e Gazeta. Nos últimos anos atuou nas maiores emissoras de rádio de Salvador.

Comentário sobre o Brasileirão

Algumas palavras sobre os resultados de mais uma rodada do Campeonato Brasileiro

Amigos, mais uma rodada do Brasileirão em que o São Paulo acumula um resultado desfavorável, principalmente por jogar em casa diante de um adversário que poupou grande parte de seus titulares e fez questão de apostar ao menos em um empate.

Claro que Cuca não contou com quase todos os seus atacantes, o que deixou muito evidente a falta de um centroavante autêntico, obrigando o time a arriscar muitas vezes de fora da grande área.

Isso deixou o time do Morumbi ainda um pouco afastado da liderança, o que frustrou a sua numerosa torcida presente ao jogo.

Já o Santos, muito longe de fazer uma partida brilhante, voltou a vencer na competição depois de duas derrotas e um empate frustrante nas rodadas anteriores.

O gol só saiu numa jogada infeliz do zagueiro Gum, da Chapecoense, marcando contra e proporcionando uma vitória nada convincente do time de Sampaoli, mesmo diante da fragilidade técnica e boa marcação do adversário. Mas o importante foi manter a equipe na briga direta com o Flamengo pela liderança.

Por falar em Flamengo, o confronto com o Palmeiras no Maracanã mostrou que o time de Felipão caiu de maneira assustadora depois da pausa para a Copa América já acumulando sete jogos sem vencer. E a esta altura o "time a ser batido" é mesmo o de Jorge Jesus.

O time do Palmeiras vem demonstrando muita falta de personalidade e de comprometimento de vários jogadores de seu elenco, que caíram muito de rendimento nas últimas rodadas.

O jogo diante do Flamengo foi uma clara demonstração de que alguma coisa não está bem no ambiente interno  e que nem só de nome ou fama de alguns jogadores uma equipe sobrevive. Será necessário muito mais que isso na sequência do Brasileirão, afinal agora é única disputa em que a equipe está envolvida e  tendo ainda condição de ser novamente campeã.

E como consequência disso, a alta direção do clube se une a insatisfação dos torcedores e quem pode pagar o preço, como de costume, é o técnico Luis Felipe Scolari.

E no encerramento da rodada o Corinthians venceu um jogo muito equilibrado e disputado diante do Atlético Mineiro, numa falha do goleiro Cleiton nos minutos finais, resultado que levou o time do destacado goleiro Cássio ao terceiro lugar na classificação geral superando o São Paulo e o Palmeiras, este com uma partida a menos que será disputada no próximo dia 10 de setembro diante do Fluminense.

Até o fim do primeiro turno teremos com certeza duas rodadas muito disputadas podendo alterar muita coisa ainda.

Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.