Resenha Esportiva

Espaço mantido pelos jornalistas Heitor Ornelas, Bruno Rios e Bruno Gutierrez. O trio traz informações e comentários sobre o Santos Futebol Clube e tudo mais que acontece no mundo do futebol.

Rodrygo na luta pelo título de 'Garoto de Ouro da Europa'

Premiação é feita pelo jornal italiano "Tuttosport" e vale para jogadores abaixo de 21 anos. Brasileiro briga com outros 39 pretendentes

O jornal italiano "Tuttosport" divulgou a lista dos 40 concorrentes ao título "Golden Boy" da última temporada. De forma resumida, é a premiação para o melhor jogador jovem da Europa.

Na disputa, apenas jogadores abaixo dos 21 anos. Entre eles, Rodrygo. Apelidado por muitos como "Rayo", ele conseguiu ser indicado na primeira temporada pelo Real Madrid. Para isso, colecionou boas atuações com a camisa do time merengue, principalmente, na Liga dos Campeões. Para os europeus, isso conta em dobro.

No entanto, a disputa promete não ser fácil para o ex-santista. Entre os conterrâneos, Rodrygo enfrenta a concorrência do parceiro de time, Vinícius Jr., e de Marcos Antônio (ex-base do Athletico-PR e hoje no Shakhtar Donetsk).

Porém, a disputa se torna mais desleal quando vemos outros concorrentes. Entre eles, Alphonso Davies, que fez grande final de temporada pelo Bayern, sendo campeão europeu. Destaque também para Erling Haland, o artilheiro do Borussia Dortmund, que chegou ao futebol alemão com uma chuva de gols.

A premiação é entregue desde 2003 e já premiou grandes estrelas do futebol mundial como Van der Vaart, Wayne Rooney, Lionel Messi, Cesc Fàbregas, Sergio Aguero, Paul Pogba e Kylian Mbappé. No entanto, em algumas edições o troféu foi dado a jogadores que acabaram não tendo tanto destaque, como os brasileiros Anderson (ex-Manchester United) e Alexandre Pato, além do polêmico Mario Balotelli e o hoje desempregado Mario Götze.

Confira os 40 finalistas:

Adil Aouchiche (Saint-Étienne)
Alphonso Davies (Bayern)
Amine Gouiri (Nice)
Ansu Fati (Barcelona)
Benoît Badiashile (AS Monaco)
Bukayo Saka (Arsenal)
Callum Hudson-Odoi (Chelsea)
Christos Tzolis (PAOK)
Dejan Kulusevski (Juventus)
Dennis Borkowski (Leipzig)
Dominik Szoboszlai (Salzburgo)
Eduardo Camavinga (Rennes)
Erling Haland (Borussia Dortmund)
Fábio Silva (Wolverhampton)
Ferrán Garcia Torres (Manchester City)
Jadon Sancho (Borussia Dortmund)
Jonathan David (Lille)
Marco Carnesecchi (Atalanta)
Marcos Antônio (Shakhtar Donetsk)
Marley Aké (Marselha)
Mason Greenwood (Manchester United)
Michal Karbownik (Legia)
Mitchel Bakker (Paris Saint-Germain)
Mohamed Ihattaren (PSV Eindhoven)
Myron Boadu (AZ Alkmaar)
Neco Williams (Liverpool)
Ozan Kabak (Schalke 04)
Philip Foden (Manchester City)
Rafael Camacho (Sporting)
Rayan Cherki (Lyon)
Rodrygo (Real Madrid)
Ryan Gravenberch (Ajax)
Sandro Tonali (AC Milan)
Sebastiano Esposito (Inter)
Sergiño Dest (Ajax)
Tanguy Nianzou (Bayern)
Tomás Esteves (F. C. Porto)
Tomás Tavares (Benfica)
Vinícius Júnior (Real Madrid)
Vladyslav Suprjaha (Dynamo Kiev)

Tudo sobre:
 
Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.