EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

22 de Novembro de 2019

Paulo Corrêa Jr

Deputado estadual reeleito e líder do Patriota na Assembleia Legislativa, Paulo Corrêa Jr. é formado em jornalismo e direito. Têm como bandeiras principais a descentralização do Porto, causas ligadas ao esporte e assistência social. É considerado um deputado metropolitano, pois sua base está espalhada pelas cidades que englobam a Baixada Santista, Vale do Ribeira e Litoral Norte.

Toc-toc-toc. A eleição para prefeito já bate na sua porta

Cidades da Baixada Santista definem seus prefeitos na eleição de 2020

Em Santos, a movimentação de possíveis candidatos a prefeito já é percebida. Alguns notórios, outros desconhecidos da grande massa de eleitores.

Tendo a maior população da região e carregando o título de cidade mais importante da Baixada, em 2020, Santos deverá viver uma eleição para prefeito diferente das anteriores.

Tanto em 2012 como em 2016, Paulo Alexandre Barbosa não teve dificuldade alguma para se eleger e reeleger, respectivamente, vencendo sem sequer a necessidade de segundo turno. Desta vez, impossibilitado de candidatar-se (só é permitido uma reeleição), o atual prefeito terá que escolher seu sucessor, trabalhando agora apenas para elegê-lo. Cria-se, então, uma grande expectativa sobre quem será o escolhido para dar continuidade ao governo atual, tendo em vista que não existe nenhum grande nome na administração capaz de se sobressair.

Sem o apoio ou mesmo apreço de João Doria - governador do Estado de São Paulo -, Paulo Alexandre Barbosa terá, ainda, um trabalho árduo para manter-se no PSDB ou mesmo indicar alguém da sigla como possível candidato. Até porque, recentemente, membros importantes do partido pediram sua expulsão, apontando infidelidade na eleição a governador no ano passado, onde o atual prefeito de Santos explicitamente apoiou Márcio França - PSB -, em detrimento a Dória, candidato do PSDB.

Assim, surgem muitas especulações sobre os possíveis pré-candidatos, criando antecipadamente um clima de eleição, mesmo um ano antes da data prevista para o pleito. Nomes como o do ex-prefeito João Paulo Papa, que deixou o governo com um alto índice de aprovação, um dos fortes candidatos do PSDB.

Professor Kenny, deputado estadual pelo Progressistas, é, também, um nome forte e comentado. Ambos aparecem muito bem em pesquisa recente, como preferidos da população.

Além dos dois, outros personagens menos citados vão se movimentando e devem ganhar força ao longo dos próximos meses. Seja como for, a eleição do próximo ano promete trazer uma disputa acirrada, tendo em vista a importância do município e o equilíbrio entre candidatos. Vamos aguardar.

Tudo sobre:
Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.