EDIÇÃO DIGITAL

Quinta-feira

18 de Julho de 2019

Paulo Corrêa Jr

Deputado estadual reeleito e líder do Patriota na Assembleia Legislativa, Paulo Corrêa Jr. é formado em jornalismo e direito. Têm como bandeiras principais a descentralização do Porto, causas ligadas ao esporte e assistência social. É considerado um deputado metropolitano, pois sua base está espalhada pelas cidades que englobam a Baixada Santista, Vale do Ribeira e Litoral Norte.

Mentira ou verdade? Fake ou fato?

Vivemos numa época em que podemos considerar como, talvez, a que trouxe a maior revolução na comunicação

Mudança nos hábitos de consumo das notícias, nas plataformas de transmissão, a possibilidade de ser você um gerador de conteúdo e muitas dúvidas sobre o que é falso ou verdadeiro nas publicações do dia a dia.

Não consigo imaginar que alguém possa achar que isso não seja fantástico e importante para um mundo que exige que tomemos decisões cada vez mais rápido. Porém, por ser algo ainda recente, essa “revolução” também traz problemas e dúvidas.

Notícias falsas e o surgimento de novos geradores de conteúdo sem experiência no assunto que abordam (digital influencers) muitas vezes colocam em risco a credibilidade de uma notícia ou produto. Há poucos anos, tivemos a atrocidade da morte por linchamento de uma moradora de Guarujá, por ter sido confundida com outra pessoa. Fez-se na rua o tribunal que julgou e aplicou a absurda pena a uma inocente.

Diante de tantos canais novos de comunicação, é importante que todos nós tenhamos a consciência de apurar os fatos antes de crer ou mesmo repassar. É fundamental que você busque em outras fontes - confiáveis - a mesma notícia antes de defini-la como verdadeira.

Como deputado, muitas vezes vejo meu nome inserido em assuntos que não me fazem respeito. E isso é muito comum no meio político.

Quando quiser saber sobre minha atuação e desempenho, procure informar-se pelos portais oficiais de comunicação ou por meio de minhas redes sociais que, diga-se de passagem, mantêm-se sempre atualizadas e engajadas com seguidores, respondendo e interagindo sobre assuntos importantes da nossa região.

Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.