EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

20 de Maio de 2019

Eu Estudo Certo

Martha Vergine é delegada de polícia, professora universitária e teacher coach do EU ESTUDO CERTO. Especialista em técnicas de estudo e estratégias emocionais para ajudar pessoas que querem passar mais rápido em provas - como concursos públicos, exame da OAB, vestibulares e ENEM.

Xô preguiça! Como ter vontade de estudar.

Você sabe que precisa fazer a sua sessão de estudo, mas falta aquela energia para começar? Você espera que alguma coisa aconteça para ter vontade de estudar e enfim dar a ignição?

Tenho uma boa e uma má notícia para você.

A má notícia é que essa vontade não virá, pelo menos não naturalmente. O nosso cérebro está sempre em buscando o prazer ou fugindo da dor.

Estudar é prazeroso para você? Se ainda não é, logo o cérebro entende que estudar é doloroso, então ele foge. Ele irá encontrar infinitas maneiras de sabotar o seu momento de estudo em troca de algo que seja mais interessante fazer naquele momento.

Vontade mesmo, você vai ter de comer algo gostoso, assistir sua série favorita, sair com os amigos, tirar um cochilo. Mas não é só disso que se vive não é meu povo! Para evoluir, crescer e melhorar de vida o estudo precisa estar presente.

A boa notícia é que é possível aprender a negociar com o cérebro, ensiná-lo que estudar é algo bom. Fazer sessões de estudo pode não ser, a princípio, tão atrativo para você, mas a vida que vai levar depois da aprovação essa sim, não tem como negar que será boa demais.

Então, já sabe, se apegue a essa realidade futura.

Toda vez que for estudar ao invés de alimentar o diálogo que é chato, monótono e todo blá blá blá, foque em tudo de bom que estudar te proporcionará. Mostre para “seu cérebro” as vantagens, os prazeres que aquela sessão de estudo te proporcionará.

Eu sei que pode parecer estranho tratar o seu cérebro com um terceiro, como um ente a parte. Mas não precisa acreditar em mim, faça o teste você mesmo.

A neurociência explica a quantidade de condicionamento que geramos no nosso inconsciente, e muitas vezes são eles que regulam os nossos hábitos. 

Falo dessa técnica de visualização e direcionamento do diálogo interno com frequência pois sei que funcionam, impossível depois de alguns minutinhos imaginando o seu futuro ideal não despertar uma vontade - mesmo que pequenininha - de estudar.

Lembre-se, você só precisa começar. Não deixe essa chama se apagar. Dê o primeiro passo, o seu futuro ideal depende disso para se realizar.

Aceite meu convite para viver seus sonhos pelo meio mais seguro, por meio do estudo, por meio do estudo certo!

Se você quer mais dicas como essa me deixe saber, me encontra nas redes sociais e comente o que achou desse texto.

Bons estudos!

 

Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.