EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

22 de Novembro de 2019

Editorial A Tribuna

A Tribuna é o maior e mais antigo jornal impresso a circular na Baixada Santista. São 125 anos contando e publicando histórias

Desenvolvimento do Porto de Santos

Porto & Mar – Seminário A Tribuna para o Desenvolvimento do Porto de Santos é realizado nesta semana

Começa nesta segunda-feira (24) o Porto & Mar – Seminário A Tribuna para o Desenvolvimento do Porto de Santos, e acontece, à noite, a solenidade de abertura do evento. Nesta terça-feira (25), durante todo o dia, vários importantes assuntos serão debatidos por especialistas e autoridades, de modo a encontrar caminhos para o crescimento do maior porto da América do Sul.

Quatro grandes temas estarão no encontro. Um deles abordará o futuro da Codesp, responsável pela administração do Porto. A Lei de Modernização Portuária, de 1993, alterou o modelo de operação de cargas no País, cuja movimentação passou a ser feita por empresas privadas, fazendo com que as companhias docas se tornassem autoridades portuárias, responsáveis pela gestão da infraestrutura nos complexos. Passados mais de 25 anos dessa mudança, cabe discutir seu papel, sua função – avaliando planos para a abertura do capital da Codesp –, sua relação com o mercado e as oportunidades que se abrem para a iniciativa privada.

Questão absolutamente prioritária nos próximos anos, a inovação tecnológica será tratada em outro painel. Em toda a economia global, cresce o uso de sistemas automatizados como forma de aumentar a produtividade e a competitividade. Isso deve estar presente na operação portuária, e os reflexos e consequências para a mão de obra do setor precisam ser avaliados e considerados, destacando-se que a tecnologia não retira e sim desloca empregos. Nesse tema, é importante abordar o papel que as modernas empresas startups, voltadas ao desenvolvimento de novos métodos e processos, devem desempenhar nos próximos anos.

O acesso ao Porto é decisivo para seu futuro. Isso passa pelo canal de navegação, que precisa estar dragado de modo permanente, para permitir que grandes embarcações possam trafegar nele. Mas é preciso assegurar que as cargas a exportar (e aquelas que são importadas) possam chegar (e sair) dos terminais de modo rápido, eficiente, seguro e econômico. Aqui, a discussão é sobre o plano de gestão do canal de acesso e os acessos rodoviários. 

O último painel parte de uma constatação - o Porto de Santos está incluído na cadeia global de comércio e depende de acordos internacionais para sua facilitação - e é muito relevante a criação de condições para as cargas nele movimentadas sejam liberadas com agilidade e rapidez. 

O seminário traz a oportunidade de discussão e debate dos grandes temas portuários atuais, e merece ser acompanhado com atenção por autoridades, empresários, usuários e trabalhadores do Porto de Santos. Confirma a tradição e o compromisso do Grupo Tribuna com o tema, que sempre mereceu destaque em sua história. Na realidade, o Porto & Mar oferece oportunidades para a difusão do conhecimento, sério e profundo, e o encaminhamento de propostas concretas para o futuro.

Tudo sobre:
Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.