Dad Squarisi

Dad Squarisi fez curso de letras na UnB. Tem especialização em linguística e mestrado em teoria da literatura. É editora de Opinião do Correio Braziliense e comentarista da TV Brasília.

Acesse todos os textos anteriores deste colunista

Dicas de Português: Acerte sempre

Dad Squarisi dá dicas de português

Recado

“Quando um cachorro morde uma pessoa, isso não é notícia. Quando um pessoa morde um cachorro, isso é notícia.” - Charles A. Dana

Ao encontro e de encontro

De encontro ou ao encontro? Elas se parecem. Mas uma é o contrário da outra. Trocar as bolas causa estrago. Acontece o que Mário Quintana definiu assim: A gente pensa uma coisa, diz outra, o leitor entende outra e coisa propriamente dita desconfia que não foi dita. 

Ao encontro de quer dizer na direção de, em favor de:
O projeto vai ao encontro da nossa proposta. Viva!
O filho correu ao encontro do pai. 
Foi ao encontro dos sonhos.
De encontro a significa contra, em sentido contrário, em oposição:
O carro foi de encontro ao poste.
O projeto preocupa. Vai de encontro às pretensões dos estudantes.

Viu? Parecido não é igual. Confundir as expressões é passaporte para demissão e perda de amores. Valha-nos, Deus!

Meio e meia

A língua é cheia de pegadinhas. Uma delas é meio. Meio é volúvel como coração de adolescente. Ora é invariável. Sem feminino e sem plural. Ora foge da monotonia e cai na variação. Tem feminino e plural. Como lidar com a criatura tão instável? Recorra ao troca-troca. 

Se na substituição couber um tanto, ele é advérbio. Não se flexiona nem a pedido de Deus:

A reunião foi meio tensa, meio divertida.
A reunião foi um tanto tensa, um tanto divertida.
Se não couber um tanto, é a vez do adjetivo. Meio cai na vala comum. Tem feminino e plural:
Meia verdade é meia mentira. 
Meias verdades são meias mentiras.
É meio-dia e meia (hora).
Comprei duas meias-entradas.
Eles são meios-irmãos. 

Viu? No começo, parecia meio difícil. Agora, menos de meia hora depois, está fácil como tirar chupeta de bebê.

A fim e afim

Luís escreveu um zap para a namorada. Estou a fim de ir ao cinema. Vamos? Ela não estava a fim. Começou a digitar a resposta. Não estou... ops! Junto ou separado? Sem resposta, trocou seis por meia-dúzia. Não estou com vontade. Safou-se. Mas a dúvida ficou. Quando a fim vem junto ou separado?

A fim separado tem dois empregos. Um indica finalidade. Pode ser substituído por para:

Reuniu 11 pessoas a fim de formar um time. 

Reuniu 11 pessoas para formar um time.

O outro significa com vontade de:

Está a fim de ir ao cinema? Está com vontade de ir ao cinema?

Não estou a fim. Não estou com vontade.

O afim junto é um nome. Exprime afinidade. Pode ser adjetivo ou substantivo. Tem plural:

História e literatura são disciplinas afins.

Os afins se atraem.
Sogro é parente afim.

Entre e dentre

Entre ou dentre? Na dúvida, use entre. Em 99% dos casos você acerta. 
Dentre só tem vez quando significa de entre. É substituível por no meio de:
Cristo ressurgiu dentre os mortos. 
Cristo ressurgiu do meio dos mortos.
Tirou uma dentre as cinco frutas.
Tirou uma do meio de cinco frutas.
Olho vivo! Na tentação de usar dentre, pare, pense e faça o troca-troca. O resultado é um só. Dentre é raro como viúvo na praça.

Leitor pergunta

Em princípio ou a princípio? Nunca sei. - Leandro Sales, Porto Alegre (RS)

A princípio e em princípio se parecem. Mas não se conhecem nem de elevador.
A princípio quer dizer no começo:
A princípio, a população brasileira era rural, agora é urbana.
A princípio, a Seleção Brasileira era favorita. Depois de dois jogos, perdeu a posição. 
Todo desafio é, a princípio, excitante. Com o tempo, pode mudar de figura.
Em princípio quer dizer em tese, de modo geral:
Em princípio, toda mudança é boa.
Em princípio, 11 pessoas podem formar um time de futebol.
A colaboração, em princípio, traz impactos positivos.

 

Tudo sobre:
 
Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.