Alexandre Volpe

Acadêmico do sexto ano do curso de Medicina da Universidade Metropolitana de Santos. Foi Diretor do Comitê de Saúde Pública da International Federation of Medical Students Brazil - Comitê Unimes e, atualmente, é Coordenador da Comissão de Saúde Pública e Ação Social do NJE da Ciesp Santos, Membro do Lide Futuro Santos e Presidente do Centro Acadêmico Dr. José Martins Fontes (C.A.M.F.) e da Liga Acadêmica de Medicina Legal.

Acesse todos os textos anteriores deste colunista

Operação da Artesp apreende dois veículos por transporte irregular no SAI

Ao todo, foram feitas 27 vistorias para coibir o serviço clandestino entre a capital e Peruíbe

De janeiro a setembro, foram 559 apreensões no SAI (Foto: Divulgação/Artesp)

Uma operação realizada pela Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) contra o transporte intermunicipal clandestino no Sistema Anchieta Imigrantes (SAI) resultou em dois veículos apreendidos em condição irregular, na sexta-feira (17). De acordo com o órgão, eles não tinham licença para prestar esse tipo de serviço entre a capital e Peruíbe. Ao todo, 23 veículos foram fiscalizados com o apoio da Polícia Militar Rodoviária.

Segundo a agência, de janeiro a setembro, foram realizadas 4.340 vistorias no SAI, das quais 559 resultaram em apreensões por transporte irregular. Na Via Anchieta, foram 412 apreensões de 2.346 vistorias. Já na Imigrantes, 147 veículos apreendidos de um total de 1.994 fiscalizados. Já em todo o Estado, no mesmo período, foram 16.537 veículos abordados nas rodovias, dos quais 1.166 apreendidos fazendo transporte clandestino de passageiros. 

A Artesp esclarece que o serviço irregular oferece inúmeros riscos aos passageiros, já que o veículo não é vistoriado para este fim e que não há garantia de que o motorista seja habilitado para atuar no transporte coletivo e, em caso de acidente, não há seguro específico para os passageiros.

Ainda conforme a agência, existem 27 linhas que fazem diariamente a ligação entre a Região Metropolitana de São Paulo e a Baixada Santista, em diversos horários, e que há também mais de 900 empresas de fretamento intermunicipal cadastradas na agência. 

No site da Artesp (www.artesp.sp.gov.br/transporte-coletivo-fretamento.html) é possível confirmar se a empresa é regulamentada ao informar a placa do veículo ou o CNPJ da empresa. 

Em caso de dúvidas, é possível entrar em contato com a Ouvidoria da Artesp pelo telefone 0800.727.83.77 ou pelo e-mail ouvidoria@artesp.sp.gov.br. 

Tudo sobre:
Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.