Alexandre Volpe

Acadêmico do sexto ano do curso de Medicina da Universidade Metropolitana de Santos. Foi Diretor do Comitê de Saúde Pública da International Federation of Medical Students Brazil - Comitê Unimes e, atualmente, é Coordenador da Comissão de Saúde Pública e Ação Social do NJE da Ciesp Santos, Membro do Lide Futuro Santos e Presidente do Centro Acadêmico Dr. José Martins Fontes (C.A.M.F.) e da Liga Acadêmica de Medicina Legal.

Acesse todos os textos anteriores deste colunista

Estudantes de Medicina entregam brinquedos para 230 crianças da Vila Gilda

Ação solidária de Natal foi realizada neste domingo (20)

Com espírito de solidariedade e amor ao próximo, cultivados desde a formação no ensino superior, os estudantes de Medicina do Centro Acadêmico Dr. José Martins Fontes da Universidade Metropolitana de Santos (Unimes) entregaram brinquedos às crianças do Dique da Vila Gilda, Zona Noroeste de Santos.

Clique e Assine A Tribuna por R$ 1,90 e ganhe acesso ao Portal, GloboPlay grátis e descontos em lojas, restaurantes e serviços!

A ação do CAMF, em parceria com a Unimes e a Criando Valor Social, foi realizada neste domingo (20/12) e beneficiou 230 crianças da comunidade, conhecida por ser a maior favela de palafitas do Brasil, com mais de 10 mil moradores.

Muito além da vocação para os cuidados técnicos na área de saúde, os estudantes de Medicina do CAMF-Unimes têm realizado diversas ações defendendo um posicionamento voltado à Medicina Humanizada, com uma proposta de colocar às necessidades das comunidades em primeiro lugar.

O estudante de Medicina e presidente do CAMF-Unimes, Alexandre Catena Volpe, comentou a ação. "Foi um trabalho muito gratificante, pois conseguimos atender uma área bem carente da cidade. Vimos um choque de realidade muito grande. Nós, como estudantes de Medicina, precisamos fazer essas ações para conhecermos cada vez mais de perto às necessidades locais e levar um pouco de saúde e de felicidade nessa época tão mágica como é o Natal, mas ao mesmo tempo, difícil com a pandemia da COVID-19 que passamos a conviver diariamente", afirmou.

Já a diretora do Departamento de Ação Comunitária do CAMF-Unimes, Larissa Pavani, também se mostrou satisfeita com a missão.

“Foi um dia extremamente feliz, pois conseguimos fazer um Natal especial para mais de 230 crianças e famílias e isso nos torna mais humanos”, concluiu.

Tudo sobre:
 
Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.