EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

20 de Janeiro de 2020

Alexandre Lopes

É Editor-Chefe de Web no Grupo Tribuna e responsável pelo G1 no litoral de São Paulo. No grupo desde 2008, já participou de coberturas em mais de 15 países. Atualmente, além de coordenar os portais, também apresenta o G1 em 1 Minuto e é comentarista da TRI FM.

Moradores flagram dezenas de cães em meio a fezes e sem comida em Santos

O problema teria tomado grandes proporções no último sábado (11), quando uma idosa que morava sozinha foi retirada da casa que dividia com os animais

Moradores do Morro São Bento, em Santos, estão utilizando as redes sociais para denunciar uma situação de abandono de animais na Rua Santo Américo. Segundo relatos, há dezenas de cachorros convivendo, há vários dias, sem comida e em meio a fezes, ratos e baratas.

O problema teria tomado grandes proporções no último sábado (11), quando uma idosa que morava sozinha foi retirada da casa que dividia com os animais. Algumas pessoas tentaram se aproximar mas, por conta das condições precárias, alguns cães demonstram comportamento violento.

Para tentar amenizar o problema, vizinhos compraram sacos de ração e conseguiram distribuir para alguns dos animais. Outros, porém, estão trancados e totalmente inacessíveis, sem acesso a qualquer tipo de comida ou até mesmo sem recipientes para tomar água.

Nenhum morador, porém, sabe afirmar a quantidade exata de cães que habitam o local. Muitas pessoas achavam que a aposentada pegava os animais da rua e resgatava mas, segundo testemunhas, muitos acabaram cruzando na própria casa gerando novas ninhadas que se acumularam.

A Prefeitura de Santos, por meio de nota, informou que o proprietário do imóvel procurou a Coordenadoria de Defesa da Vida Ambiental (Codevida), onde foi informado de que os animais são de sua responsabilidade. A Codevida, por sua vez, diz que está monitorando a situação e colocou veterinários à disposição para possíveis castrações e atendimento médico.

Codevida diz que monitora a situação e que e colocou veterinários à disposição (Foto: Viver no Morro e Região)
Tudo sobre:
 
Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.