EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

16 de Novembro de 2019

Alexandre Lopes

É Editor-Chefe de Web no Grupo Tribuna e responsável pelo G1 no litoral de São Paulo. No grupo desde 2008, já participou de coberturas em mais de 15 países. Atualmente, além de coordenar os portais, também apresenta o G1 em 1 Minuto e é comentarista da TRI FM.

Feriados e Fins de Semana Infinitos: Trabalhador terá uma folga a cada três dias em 2020

Enquanto 2019 foi marcado por quase uma 'extinção' total dos feriados prolongados, 2020 vem com tudo para se tornar um ano de muito 'pé na areia'

Chega o fim do ano e a frase que mais ouvimos por aí é 'Acaba, 2019'. Faltando pouco menos de três meses para, finalmente, 2019 acabar, muita gente já está de olho no calendário de 2020. Enquanto 2019 foi marcado por quase uma 'extinção' total dos feriados prolongados, 2020 vem com tudo para se tornar um ano de muito 'pé na areia'.

Não é exagero dizer que os trabalhadores, obviamente os que não fazem plantão, como o jornalista que aqui escreve, vão folgar um dia para cada dois trabalhados no ano que vem. Durante o ano, serão nada mais nada menos do que 104 sábados ou domingos. Fora isso, teremos nada mais, nada menos, do que 17 dias de feriados prolongados no próximo ano. Com isso, chegamos a 33,06% dos dias sem 'nada' pra fazer.

Durante o ano, serão nada mais nada menos do que 104 sábados ou domingos (Foto: Reprodução)

Para nós, simples trabalhadores, essa é uma excelente notícia. Porém, o excessivo número de feriados não é nada bom para o Brasil. Nesse périodo, a maior parte das fábricas e lojas ficam fechadas e deixam de produzir riquezas, deixando a economia já combalida do país ainda mais estagnada. Para cada dia de folga, em média, o Brasil deixa de ganhar mais de R$ 15 bilhões, segundo especialistas.

Por conta desse problema, Portugal, que viveu recentemente uma grave crise econômica, chegou a fazer um planejamento de extinguir quatro feriados nacionais, o que significaria um aumento de US$ 3,7 bilhões ao ano para o país. Enquanto o setor de produção perde, porém, os feriados aumentam o setor do turismo que apresenta um crescimento descomunal com o acréscimo nos 'pescoções'.

Veja a lista de feriados prolongados:

1 - Ano novo - 1º de janeiro - (quarta-feira) 
2 - Carnaval - 24 a 26 de fevereiro - (segunda-feira a quarta-feira) 
3 - Sexta-feira Santa - 10 de abril - (sexta-feira) 
4 - Páscoa - 12 de abril - (domingo) 
5 - Tiradentes - 21 de abril - (terça-feira) 
6 - Dia do Trabalho - 1º de maio - (sexta-feira) 
7 - Corpus Christi - 11 de junho - (quinta-feira)
8 - Revolução constitucionalista - 9 de julho - (quinta-feira)
9 - Independência do Brasil - 7 de setembro - (segunda-feira) 
10 - Dia de Nossa Senhora Aparecida 12 de outubro - (segunda-feira) 
11 - Finados - 2 de novembro - (segunda-feira) 
12 - Proclamação da República - 15 de novembro - (domingo)
13 - Consciência Negra - 20 de novembro - (sexta-feira)
14 - Natal - 25 de dezembro - (sexta-feira).

Tudo sobre:
Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.