Alexandre Lopes

É Editor-Chefe de Web no Grupo Tribuna e responsável pelo G1 no litoral de São Paulo. No grupo desde 2008, já participou de coberturas em mais de 15 países. Atualmente, além de coordenar os portais, também apresenta o G1 em 1 Minuto.

Acesse todos os textos anteriores deste colunista

Cão fica entre a vida e a morte após engolir calcinhas em praia de São Vicente

Animal de 11 anos está internado e família precisa de ajuda para custear o tratamento

Um cachorro de São Vicente, no litoral de São Paulo, está entre a vida e a morte após ter engolido duas calcinhas durante um passeio na orla da praia do Itararé. Bahuan, de 11 anos, está internado desde a última quinta-feira (5).

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal, GloboPlay grátis e descontos em dezenas de lojas, restaurantes e serviços!

Segundo a tutora, Amanda Garcia, o incidente ocorreu no início do mês. Ela explica que as peças íntimas estavam jogadas na grama e, mesmo na coleira, o cão se aproximou e acabou engolindo as vestimentas rapidamente.

Em um primeiro momento, a tutora acreditou que o animal havia engolido alguma comida, já que a grama estava alta. O animal, porém, começou a vomitar, perder o apetite e não conseguia evacuar ou fazer xixi.

Bahuan começou a passar por um tratamento, que não surtiu efeitos. Então, foi levado para um hospital veterinário, onde um ultrassom diagnosticou o problema que, a princípio, foi tratado como um pedaço de plástico. Na cirurgia, porém, as duas calcinhas foram retiradas.

Agora, Bahuan segue com uma inflamação no intestino e corre riscos. Para ajudar no tratamento, familiares estão fazendo uma arrecadação para arcar com os gastos da internação e dos remédios. Para ajudar e participar da campanha, basta clicar aqui. A meta de arrecadação é R$ 4.700,00.

Tudo sobre:
 
Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna.
As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.