Vazamento de água gera transtornos no bairro Vila Santa Rosa

Sabesp diz que a mesma tubulação foi danificada durante obras municipais de drenagem

Um vazamento de água na Rua João Maria Júnior tem gerado transtornos aos moradores do Bairro Vila Lígia, Rio do Meio e Vila Santa Rosa, em Guarujá. Os moradores dizem que o vazamento é contínuo há quase um mês e que já deixou casas da região sem água. Além de gerar transtornos aos pedestres da região.

Clique aqui e assine A Tribuna por apenas R$ 1,90. Ganhe, na hora, acesso completo ao nosso Portal, dois meses de Globoplay grátis e, também, dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!  

Essa sugestão de reportagem foi feita pelo internauta Joaquim Pereira. Você também pode entrar em contato conosco via WhatsApp, pelo número (13) 9 9642 8222, ou pelo E-Mail, g1at@grupo-tribuna.com. Ao mandar sua mensagem, deixe seus dados completos, relate o problema ou a sugestão de pauta e anexe fotos e vídeos.

O jornaleiro conta que a rua está recebendo obras de asfalto e instalação de manilhas, e durante essa obra o cano de água da Sabesp se rompeu algumas vezes. Este último incidente ocorreu há algumas semanas e desde então não foi arrumado. “A Vila Lígia também ficou sem água durante muitos dias. O cano estourou em três lugares ali na rua. Tem uma parte do encanamento que foi trocada, mas uma parte continua vazando”, diz.

A Sabesp enviou nesta terça-feira (13) uma equipe ao local para realizar os serviços de reparo na rede de distribuição de água localizada na esquina da Rua João Maria Júnior com a Avenida Miguel Mussa Gaze, em Guarujá. Além disso, a companhia informa que dias atrás, a mesma tubulação foi danificada durante obras municipais de drenagem, sendo que na ocasião o conserto foi providenciado imediatamente pela companhia.

Vale lembrar que, a qualquer momento, a população pode entrar em contato com a Sabesp, que se mantém à disposição durante 24 horas, gratuitamente, pela Central de Atendimento, nos telefones 0800 0550195 ou 195. Ou ainda pela Agência Virtual no www.sabesp.com.br ou no aplicativo para celulares e tablets iOS ou Android, que permite enviar fotos da ocorrência.

A Sabesp realizou o reparo do vazamento durante a tarde desta terça-feira (13). (Foto: Joaquim Pereira/Arquivo pessoal)
Tudo sobre: