Moradores de São Vicente pedem ajuda para arrumar buraco que está afundando aos poucos

Buraco localizado na Rua Estevão de Almeida tem aumentado cada vez mais e tem preocupado os moradores

Um buraco localizado na Rua Estevão de Almeida, no bairro Vila Cascatinha, em São Vicente, tem preocupado os moradores da região. Eles reclamam que o buraco está afundando cada vez mais com o tempo e temem que o problema tenha consequências mais sérias se nada for feito. 

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Essa sugestão de reportagem foi feita pela moradora de São Vicente Bárbara Xavier. Você também pode entrar em contato conosco via WhatsApp, pelo número (13) 9 9642 8222, ou pelo E-Mail, g1at@grupo-tribuna.com. Ao mandar sua mensagem, deixe seus dados completos, relate o problema ou a sugestão de pauta e anexe fotos e vídeos.

A moradora Bárbara Xavier conta que notou esse buraco em setembro do ano passado, quando sentiu o solavanco ao passar pelo buraco para guardar o carro na garagem, que fica em frente ao problema. "Meu marido foi olhar e viu que o buraco começava no meio fio, bem em frente a casa vizinha, que está vazia. Ele começou a tirar o mato que estava na calçada da vizinha e percebeu que o buraco era enorme e vinha em direção a calçada", diz Bárbara.

Para tentar resolver o problema, o casal protocolou uma reclamação na Sabesp, pois acharam que o buraco poderia ter algo a ver com a tubulação, mas foram informados que o problema tinha que ser resolvido com a prefeitura.

Com a notícia, ela decidiu protocolar a reclamação na prefeitura, ainda no ano passado, mas quando ligou para questionar quando o reparo seria feito, foi informada que o protocolo havia desaparecido e que teria que abrir um novo. Agora, ela aguarda a solução sem saber se o problema é de responsabilidade da prefeitura ou da Sabesp e ainda teme que algo ruim aconteça, enquanto o reparo não for realizado. 

Buraco está localizado na Rua Estevão de Almeida, em São Vicente (Foto: Divulgação)

Além da passagem dos carros pelo buraco, os moradores temem que a chuva seja outro agravante para que o buraco continue afundando, já que outras calçadas do mesmo lado da rua começaram a apresentar rachaduras e buracos, também próximo ao meio fio, segundo Bárbara. "A gente tem bastante medo que algo pior aconteça, principalmente por essa casa onde está o buraco estar fechada. Não temos como saber se essa água toda que entra durante as chuvas não está comprometendo o terreno da casa, como aconteceu com aquele asilo que afundou no ano passado, aqui em São Vicente também", relembra Bárbara. 

Reparos 

Em nota, a Prefeitura por meio da Secretaria de Desenvolvimento e Obras Públicas (Sedup) informa que a Sabesp já foi acionada e pela manhã foi ao local e iniciou as ações para resolução do problema. Já a Sabesp esclarece que a equipe, que foi até o local, está realizando novas intervenções técnicas a fim de inspecionar a rede de água que passa neste trecho e avaliar a necessidade de manutenção.

Tudo sobre: