Caminhoneiros reclamam de proibição no tráfego da Padre Manoel da Nóbrega no litoral de SP

Motoristas relatam prejuízos financeiros com a proibição, que se estenderá até março

Motoristas de caminhão que trafegam pela Rodovia Padre Manoel da Nóbrega estão se sentindo prejudicados desde que o tráfego de caminhões sofreu alteração nas madrugadas de segunda-feira. Segundo os caminhoneiros, a proibição atrapalha na logística dos carregamentos, principalmente para aqueles que saem de São Vicente, já que o outro caminho disponível seria a Ponte dos Barreiros, que encontra-se bloqueada para o tráfego de caminhões. 

Clique e Assine A Tribuna por R$ 1,90 e ganhe acesso ao Portal, GloboPlay grátis e descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Essa sugestão de reportagem foi feita pelo internauta Eduardo Almeida. Você também pode entrar em contato conosco via WhatsApp, pelo número (13) 9 9642 8222, ou pelo E-Mail, g1at@grupo-tribuna.com. Ao mandar sua mensagem, deixe seus dados completos, relate o problema ou a sugestão de pauta e anexe fotos e vídeos.

Desde o dia 18 de dezembro os caminhões estão proibidos de trafegar pela Rodovia Padre Manoel da Nóbrega, entre os Km 327 e 240+400, sentido Guarujá, das 12h de domingo até as 6h de segunda. No entanto, os motoristas não concordam com o longo período estipulado para essa proibição, que ficará em vigor até dia 22 de março de 2021. 

O caminhoneiro João Luiz Costa Souza conta que foi multado na última segunda-feira (21) por trafegar pela rodovia. Para ele, a medida não foi divulgada com muita intensidade, pois no dia que recebeu a multa não estava sabendo da medida. "É o único acesso que temos para entrar no Porto e os horários que geralmente estão nos agendando para carregar é na madrugada, então está bem complicado. Fui multado na segunda e o pior é que eu nem sabia que existia esta restrição. Faltou divulgação por parte da Ecovias", diz. 

Além da questão da logística, o caminhoneiro Eduardo Almeida também reclama que não existe uma solução viável para que os motoristas não sejam afetados pela restrição, pois não existe uma segunda opção de rota para muitos caminhoneiros "Eu até concordaria com essa restrição de horário no Ano Novo. Porém, até março quais seriam os feriados a não ser carnaval, Natal e ano novo? Nós estamos em uma pandemia. Não vejo essa necessidade de restrição", explica.

Resposta 

Em nota, a Ecovias informa que a proibição do tráfego de veículos pesados, exceto ônibus e micro-ônibus, na pista leste da Rodovia Padre Manoel da Nóbrega (SP 055), entre o km 327 (Itanhaém) e o km 270 + 400 (Cubatão), atende à Portaria SUP/DER-080-03/12/2020, do Departamento de Estradas de Rodagem, do governo do Estado de São Paulo.

A restrição é comumente colocada em vigor durante o período das festas de fim de ano e o verão, somente no sentido Guarujá, devido a grande movimentação de veículos prevista para ocorrer na região do Litoral Sul.

Para avisar os motoristas, sobre o período da proibição de caminhões na pista leste, a Ecovias, responsável pela parte da rodovia que fica dentro do Sistema Anchieta-Imigrantes, do km 292 (Praia Grande) ao km 270 + 400 (Cubatão), além de inserir mensagens nos painéis de mensagem variável, fixou faixas nas passarelas do km 291 + 200, km 289 + 700 e km 285 + 500 para avisar os motoristas sobre o período da proibição de caminhões na pista leste.

Tudo sobre: