Jardim Botânico de Santos recebe Ouvidoria Presente

Até a próxima sexta-feira (12) membros da Ouvidoria da cidade estarão no local para entender as necessidades dos frequentadores do espaço, e pedir opiniões ou sugestões

O Jardim Botânico está recebendo até a próxima sexta-feira (12), a Ouvidoria Presente. A ação consiste na visita de membros da Ouvidoria, Transparência e Controle (OTC), que consultam os munícipes sobre o espaço público. O local é considerado um dos principais pontos de lazer, turismo e preservação do meio ambiente na Baixada Santista.

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Estão sendo realizadas perguntas sobre as condições de limpeza, acessibilidade, segurança e preservação do parque. Além disso, os frequentadores classificam o atendimento do local como ótimo, bom, regular, ruim ou péssimo. Essa é uma exigência da Lei Federal nº 13.460. As consultas acontecem das 9h às 13h. 

Morador do canal 3, Arnaldo Inocêncio Júnior destacou que o espaço é bem utilizado por todas as faixas etárias. "A gente vê desde alguns idosos até crianças por aqui. A minha esposa vem bastante, às vezes passa cinco horas aqui com os nossos filhos". Ele aproveitou a manhã desta terça-feira (9) para fazer uma caminhada e apresentar o Jardim Botânico para o amigo Douglas Eduardo Gonçalves, que mora no Itararé, em São Vicente. "Eu fiquei surpreso, gostei bastante. Muitas vezes vim aqui na (avenida) Jovino de Mello, e não sabia que tinha um lugar como esse tão perto", declarou. 

O Ouvidor Municipal, Rivaldo Santos, ressaltou que os dados da pesquisa vão servir como parâmetro para melhorias: “O Botânico é o equipamento de lazer mais visitado e querido da Zona Noroeste. A comunidade faz questão de participar da pesquisa porque entende a sua importância para a melhoria do parque”.

Moradora da Zona Noroeste, Mara Santana foi contaminada pela Covid-19 no ano passado. Se recuperou da doença, mas ainda sofre com falta de ar e cansaço. Para seguir as recomendações médicas, retomou as caminhadas no Jardim Botânico, atividade que tinha deixado de lado nos últimos anos. "Até gosto de academia, mas como moro do lado, venho fazer minhas caminhadas aqui. Os médicos falam que é importante para reforçar os pulmões", destacou. De maneira geral, Mara aprova o espaço. Elogiou o atendimento e a limpeza, mas sugeriu uma maior quantidade de guardas municipais. "Acho que poderia ter mais ronda, pela questão de segurança".

O Jardim Botânico Chico Mendes, com mais de 90 mil m² de área verde e mais de 300 espécies de vegetais, funciona de segunda a sexta, das 10h, às 19h, na Rua João Fraccaroli s/nº, Bom Retiro. Em função da pandemia, é obrigatório o uso de máscara no local, que conta com pontos de distribuição de álcool em gel. 

Tudo sobre: