Escolas de Santos ganham estudiotecas digitais para educação infantil

Iniciativa faz parte do projeto Escolas que Inovam, com intuito de melhorar o aprendizado das crianças por meio da tecnologia

Cinco escolas municipais de Santos ganharam estudiotecas apropriadas para a educação infantil, como parte do projeto 'Escolas que Inovam'. A entrega simbólica aconteceu na noite desta terça (29), na UME Iveta mesquita Nogueira, localizada na Ponta da Praia.

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Também foram contempladas as unidades Porchat de Assis (Ponta da Praia), Dos Andradas (Aparecida), Olívia Fernandes (Embaré) e Maria Helena Roxo (Vila Nova). Desde 2018, o projeto, realizado em parceria com a VLI Logística, já entrou 46 estudiotecas em escolas municipais.

As estudiotecas são espaços com layout reformulado e preparado para receber notebooks, chromebooks, televisores e outros recursos, possibilitando o uso adequado da tecnologia no desenvolvimento das aulas. A empresa parceira investirá quase R$ 6 milhões no projeto.

“Planejamos e iniciamos o projeto das estudiotecas muito antes da pandemia. O uso de tecnologias na educação seria essencial a qualquer tempo, mas hoje sua importância se tornou ainda mais evidente. Fizemos boas parcerias, a fim de trazer mais qualidade aos nossos alunos. Quero agradecer a todos os envolvidos”, destacou o prefeito Paulo Alexandre Barbosa.

Todas as escolas de ensino fundamental de Santos foram beneficiadas com estudiotecas. Para o gerente geral de meio ambiente e sustentabilidade da VLI, Giuliano Marchiani, a iniciativa representa a concretização de um sonho.

“Acreditamos que é por meio da educação que compartilhamos valores e esta área é um pilar importante para a nossa empresa. Estamos felizes com a oportunidade de participar desta ação”, disse Marchiani.

Tudo sobre: