Vale consegue reverter decisão e continua com atividades no Terminal da Ilha Guaíba

Segundo a companhia, licenças ambientais foram apresentadas, e Prefeitura de Mangaratiba cancelou a ordem de interdição

Por: Do Estadão Conteúdo  -  01/02/19  -  16:56

A Vale anunciou, na noite de quinta-feira (31), que obteve decisão favorável para restabelecer as atividades no Terminal da Ilha Guaíba, que foram suspensas após interdição pela Prefeitura de Mangaratiba (RJ). A prefeitura alegou que a companhia não havia apresentado as licenças ambientais do empreendimento. Segundo a Vale, as licenças foram apresentadas, e a prefeitura cancelou a ordem de interdição.


A prefeitura havia determinado, também, uma multa de R$ 20 milhões. O terminal está localizado na parte Leste da Baía da Ilha Grande, voltada para a barra de entrada e bem no início da Baía de Sepetiba, dentro dos limites do município de Mangaratiba. Construído em 1973, o terminal recebe cerca de 40 milhões de toneladas por ano de minério de ferro, que chegam por vagões e passam pelo transbordo no terminal, e depois são levadas por navios ao Porto de Sepetiba para exportação.

Em outro comunicado, a Vale informa que foi notificada do bloqueio de mais R$ 800 milhões pela Justiça Trabalhista. No total, a companhia tem R$ 12,6 bilhões bloqueados pela Justiça por conta do desastre em Brumadinho.


Tudo sobre:
Logo A Tribuna