Navio em terminal no Porto de Santos tem vazamento de 200 litros e mobiliza autoridades; VÍDEO

Incidente ocorreu durante o abastecimento de um navio

Por: ATribuna.com.br  -  02/05/23  -  10:15
Atualizado em 02/05/23 - 12:38
Vazamento ocorreu no terminal da Copersucar, no Porto de Santos, nesta terça (2)
Vazamento ocorreu no terminal da Copersucar, no Porto de Santos, nesta terça (2)   Foto: Reprodução

Um vazamento de óleo em um terminal no Porto de Santos mobilizou autoridades na manhã desta terça-feira (2). De acordo com a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), há a estimativa de que cerca de 200 litros do produto tenham vazado.


Clique, assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe centenas de benefícios!


O acidente ocorreu no terminal da Copersucar. A Cetesb informou que, nesta segunda (1º), ocorreu uma falha durante o fornecimento de óleo da barcaça que abastece os navios.


Os técnicos da companhia estão orientando os trabalhos de contenção do óleo e realizando uma avaliação geral. A Autoridade Portuária de Santos (APS) também monitora o ocorrido.


Ainda não há conhecimento sobre eventuais danos ambientais provocados pelo vazamento, que ocorreu durante o abastecimento do navio Pride. Imagens obtidas por A Tribuna mostram a movimentação das embarcações em torno do navio.


Combustível de navio

A APS informou em nota que o vazamento ocorreu por volta de 12h45 desta segunda-feira (1º), e que nesta manhã foi realizada vistoria ao longo do estuário, juntamente com a Cetesb. As duas autoridades seguem acompanhando a ocorrência na área.


A autoridade portuária explicou que o óleo vazado trata-se do tipo bunker, usado como combustível para os navios. A embarcação está atracada no cais dos armazéns 20 e 21, no bairro Paquetá, margem direita do Porto de Santos. O óleo segue sendo removido pelas autoridades.


"Imediatamente, a empresa responsável pelo abastecimento providenciou o reforço da contenção por meio da colocação de cercos preventivos e barreiras absorventes", disse a APS.


A Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP) disse que uma equipe de peritos foi até o local para verificar os fatos que geraram o incidente. A Marinha confirmou que cerca de 200 litros de óleo caíram no mar, mas ficaram contidos na barreira de proteção, sendo recolhidos posteriormente sem maiores danos.


Também foi instaurado inquérito pela CPSP para apurar as causas e possíveis responsáveis pelo acidente. Denúncias e emergências náuticas podem ser comunicadas pelo telefone 185.


Em nota, a Copersucar esclarece que a responsabilidade pela contingência é exclusiva da empresa que faz o abastecimento da embarcação e do armador, não tendo qualquer relação direta com o ocorrido, não sendo para qualquer efeito parte contratante ou contratada nessa operação de recarga de combustível, que acontece em área pública.


Logo A Tribuna
Newsletter