EDIÇÃO DIGITAL

Quarta-feira

18 de Setembro de 2019

Receita Federal intercepta 331 quilos de cocaína no Porto de Santos

Droga estava escondida em um contêiner que tinha como destino a Europa

A Receita Federal interceptou 331 quilos de cocaína, nesta sexta-feira (30), no Porto de Santos. O entorpecente estava escondida em um contêiner que tinha como destino a Europa. Segundo a Alfândega, a localização da droga foi possível graças ao trabalho de análise de risco baseado em critérios específicos, incluindo imagens não intrusivas (escâner).

Equipes da Receita Federal localizaram a cocaína, acondicionada em tabletes, escondida entre fardos de laminados de madeira, cujo destino final seria o porto de Grangemouth, no Reino Unido, com baldeação na cidade de Antuérpia, na Bélgica.

Além da droga, foram encontradas bolsas vazias de tecido que, provavelmente, seriam utilizadas pelos criminosos durante sua retirada, no local de destino.

Suspeita-se da técnica criminosa denominada rip-on/rip-off, em que a droga é inserida em uma carga lícita sem o conhecimento dos exportadores e importadores.

Quase 2 toneladas em um mês

Quase 2 toneladas de cocaína foram apreendidas em novembro, no Porto de Santos. Somente no dia 14, foram 1.295 quilos de entorpecente interceptado. Em operação conjunta, agentes da Alfândega da Receita Federal e policiais federais encontraram a droga escondidas em dois carregamentos distintos.

Em uma das cargas, de minério e tendo como destino o Porto de Antuérpia, na Bélgica, havia diversos tabletes de cocaína totalizando 605 quilos escondidos entre o material. A segunda carga é de chapas de cobre. No meio dela também havia tabletes de cocaína ocultos em estrados metálicos, que precisaram ser cortados. O destino das chapas de cobre é a Alemanha. Essa carga continha 690 quilos da droga.

Já na última segunda-feira (26), foram localizados 347 quilos da droga. A cocaína estava acondicionada em tabletes, e escondida em sacos de ráfio, dentro de um contêiner que transportava painéis de fibra de madeira. O destino seria o Porto de Algeciras, na Espanha.