Porto do Pecém bate recorde de contêineres

Número de 2020 foi o melhor desde a inauguração do Porto, em 2002

Com 4.818.581 toneladas movimentadas no ano passado, o Porto de Pecém, no litoral oeste do Ceará, bateu recorde de operação de contêineres. Esse tipo de carga registrou uma participação de 30% no índice de natureza de carga em toneladas. O número é o melhor registro anual desde que o complexo marítimo foi inaugurado, em 2002.

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Em 2020, a movimentação de contêineres registrou um aumento de 11% em TEU (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés) em relação a 2019. Em números brutos, 377.726 TEU foram movimentados no Porto do Pecém no ano passado. A maior marca mensal foi obtida em outubro, quando suas instalações embarcaram ou desembarcaram 46.002 TEU.

Já as operações de cabotagem (o transporte marítimo de cargas pela costa) em Pecém tiveram um crescimento de 7% em relação a 2019, com 328.086 TEU movimentados. No longo curso, a alta foi de 47%.

Quanto ao sentido das cargas conteinerizadas, o embarque de contêineres somou 2.466,444 toneladas e o desembarque, 2.352,137 toneladas. Entre as principais mercadorias transportadas nos contentores, estão cereais, sal, enxofre, terra e pedras, gesso, cal, cimento, frutas e alumínio.

Tudo sobre: