Porto de Santos tem alta de 10,5% em operações

Cais santista movimentou 9,1 milhões de toneladas de cargas

Porto de Santos movimentou 9,1 milhões de toneladas de cargas no primeiro mês do ano, uma alta de 10,5% em relação ao mesmo mês do ano passado. Com exportações e importações em alta, o cais santista também registrou aumento no movimentação de contêineres. Segundo especialistas, os números são um indicativo positivo, principalmente em relação ao agronegócio. 

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Em janeiro, as exportações somaram 5,7 milhões de toneladas, 8,9% a mais do que no primeiro mês do ano passado, quando 5,2 milhões de toneladas foram embarcadas no Porto. Já as importações tiveram um crescimento maior, de 13,1%, passando de 3 milhões de toneladas no primeiro mês de 2020 para 3,4 milhões de toneladas neste ano. 

De acordo com a Autoridade Portuária de Santos (APS), as descargas de adubo cresceram 77,7%. Para o economista Helio Hallite, o cenário é positivo. “Importações em alta puxadas pelo agronegócio: expansão da área plantada e necessidade de insumos para fabricação de fertilizantes, além de defensivos agrícolas e equipamentos”, afirmou o professor universitário.

O engenheiro Marcos Vendramini também considera os números do Porto como uma boa notícia. “Uma parcela do crescimento dos granéis sólidos pode ser em função de uma tendência de crescimento do agronegócio em função de diversos fatores – dólar alto no Brasil, economia mundial fazendo tentativas de alçar voo nos intervalos das ondas de pandemia – e uma outra parcela deve ser creditada a uma possível reposição de estoques consumidos no período de fim de ano”.

Exportação

Os embarques também somaram bons resultados. Os produtos mais movimentados no Porto foram o açúcar (1,33 milhão), o adubo (698,3 mil), o milho (604,1 mil) e o farelo de soja (414,2 mil).

“Exportações também em alta, sem contar com a soja, que iniciou embarques em fevereiro a todo vapor, o que nos faz esperar por novos recordes nos próximos meses. Felizmente manteremos essa tendência de crescimento”, afirmou Hallite.

Contêineres

No mês passado, 374,1 mil TEU (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés) foram movimentados no cais santista. O volume é 10,5% maior do que o verificado no mesmo período do ano passado, 338,5 mil TEU.

Em janeiro, atracaram no cais santista 342 navios, quantidade 9,5% abaixo de janeiro do ano passado. Segundo a estatal que administra o Porto de Santos, isto caracteriza o aumento do volume de cargas por embarcação.

“Esse aumento (cargas por embarcação), ainda pequeno, indica um caminho que já vem sendo previsto, que é o crescimento do porte das embarcações que aqui escalam. Como resultado, em alguns setores, há até redução no número de navios com o aumento da quantidade de carga movimentada”, afirmou Vendramini.

Grandes navios

Para o diretor-presidente da APS, Fernando Biral, a movimentação de contêineres deve ser impulsionada a partir da possibilidade de chegada de embarcações com até 366 metros ao Porto de Santos. “A Marinha autorizou a vinda a Santos de navios de contêineres maiores e isso, junto com a implantação da BR do Mar (programa pró-cabotagem), permite a expectativa de maior crescimento deste mercado em Santos”.

Tudo sobre: