Porto de Santos cresce e lidera movimentação de contêineres no Brasil

Complexo marítimo operou mais de 3 milhões de TEU no ano passado, um crescimento de 8,83% em relação a 2017

O setor portuário movimentou 10,41 milhões de TEU (medida equivalente a um contêiner de 20 pés) em 2018, crescimento de 7,22% em comparação a 2017. O Porto de Santos é a instalação que lidera o resultado, com 3,221 milhões de TEU, seguido por Paranaguá (PR), Rio Grande (RS) e pelo terminal privado Portonave (SC), de acordo com dados divulgados pela  Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). O complexo marítimo santista registrou alta de 8,83% no embarque ou desembarque de contêineres em relação a 2017.

No país, as instalações públicas foram responsáveis por transportar 7,142 milhões de TEU, crescendo 10%. Os terminais privados ficaram com 2,898 milhões de TEU, aumento de 1,50%. A participação dos portos públicos foi de 71% e dos privados, 29%. 

Conforme os resultados da Antaq, os complexos públicos e as unidades privadas movimentaram 112,7 milhões de toneladas de cargas conteineirizadas no ano passado, uma alta de 4,81%, em comparação às 107,5 milhões de toneladas de 2017. 

A navegação de longo curso foi a que mais movimentou contêineres, com 7,134 milhões de TEU (uma alta de 5%). Em seguida, está a cabotagem, com 2,75 milhões de TEU (mais 10%).

Tudo sobre: