EDIÇÃO DIGITAL

Domingo

22 de Setembro de 2019

Porta helicópteros da Marinha deve atrair mais de 8 mil visitantes ao Porto de Santos

Navio 'Atlântico' está atracado no Cais da Marinha e ficará aberta ao público sábado (7) e domingo (8), sempre das 13h30 às 17h

Mais de 8 mil pessoas devem visitar o principal navio da Marinha do Brasil, o porta helicópteros multi-propósito (PHM) 'Atlântico', em sua escala ao Porto de Santos. A expectativa é de seus oficiais. A embarcação, com 560 tripulantes, está atracada no Cais da Marinha, entre os armazéns 27 e 29 do complexo, e ficará aberta ao público sábado (7) e domingo (8), sempre das 13h30 às 17h. 

O 'Atlântico' chegou a Santos na quinta-feira (5), após realizar testes de segurança. “Uma vez por ano, embarcamos com uma equipe externa, de inspetores do Serviço de Prevenção de Acidentes Aeronáuticos. O navio vai para o mar, recebe três a quatro aeronaves e faz todos os exercícios possíveis e imagináveis com essas aeronaves. A equipe verifica se todos os procedimentos estão cumprindo as normas de segurança de operações aéreas da Marinha. Eles homologam [as licenças] para que eu continue as operações por mais um ano”, explicou o capitão de mar e guerra Giovani Corrêa, comandante do porta helicóptero. 

A embarcação, única deste tipo na América do Sul, tem 203,4 metros de comprimento e pode operar sete helicópteros em seu convoo (convés de voo) e transportar até 18 aeronaves no hangar. Também conta com um moderno radar Artisan 3D 997, que confere ao navio excelente capacidade de comando e controle.

Logos Hope 

Além do porta-helicópteros multipropósito (PHM) 'Atlântico', o navio 'Logos Hope' recebe visitantes neste fim de semana. A embarcação, que também está atracada no Cais da Marinha, poderá ser visitada das 14h às 21h. Ela conta com uma livraria com mais de 5 mil títulos, que poderão ser adquiridos pelo público. O ingresso custa R$ 5, mas é gratuito para crianças de até 12 anos e idosos com mais de 60 anos. A visita de escolas deve ser agendada pelas páginas do navio nas redes sociais.